Gays e travestis terão espaços exclusivos em cadeias, decide Conselho

Segundo Conselho Nacional de Combate à Discriminação, órgão ligado à Secretaria de Direitos Humanos, decisão foi tomada devido a "segurança e especial vulnerabilidade" destes detentos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Foi publicada nesta quinta-feira (17), uma resolução do Conselho Nacional de Combate à Discriminação que estabelece novas regras e normas específicas para o encarceramento de gays, lésbicas, bissexuais, transgêneros e travestis. 

Com a norma, os presídios terão que criar espaços de vivência exclusivos para presos gays e travestis. Segundo o Conselho, que é um órgão ligado à Secretaria de Direitos Humanos, a decisão foi tomada devido a "segurança e especial vulnerabilidade" destes detentos.

Com estes espaços, fica proibido qualquer aplicação de medida disciplinar e método coercitivo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave