Dom Walmor participa da Missa da Unidade nesta quinta-feira Santa

Evento reuniu fiéis de 273 paróquias de 28 cidades da região metropolitana de Belo Horizonte; no total, 10 mil pessoas participaram da missa

iG Minas Gerais | CAMILA BASTOS |

CIDADES: BELO HORIZONTE MG:SEMANA SANTA 2014 , MISSA DA UNIDADE
Programacao da Semana Santa , Missa da Unidade , presidida pelo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte , dom Walmor Oliveira de Azevedo, que acontece na manha de hoje (17) , no Mineirinho.

Foto: Alex de Jesus/O Tempo 17/04/2014
ALEX DE JESUS/O TEMPO
CIDADES: BELO HORIZONTE MG:SEMANA SANTA 2014 , MISSA DA UNIDADE Programacao da Semana Santa , Missa da Unidade , presidida pelo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte , dom Walmor Oliveira de Azevedo, que acontece na manha de hoje (17) , no Mineirinho. Foto: Alex de Jesus/O Tempo 17/04/2014

Na manhã desta quinta-feira (17), no Mineirinho, na região da Pampulha, aconteceu a Missa da Unidade. O evento da Arquidiocese de Belo Horizonte reúne todas as paróquias de 28 municípios em uma missa celebrada pelo arcebispo da capital, Dom Walmor Oliveira de Azevedo.

A missa, que reuniu fiéis de 273 paróquias, tem o objetivo de celebrar a união da Arquidiocese. Vários ônibus chegaram no início da manhã trazendo os fiéis que, ao todo, somaram cerca de 10 mil religiosos. O encontro, que teve início às 9h30, só teve fim às 11h30.

"A gente pensa sempre em trabalho e diversão, mas é importante tirar um momento como a Semana Santa para celebrar esse momento com Deus. Por isso que eu vim e trouxe a minha família", disse a advogada Karina Carvalho, de 28 anos, que levou toda a família para a missa.

Além disso, durante a missa os sacerdotes de toda a região metropolitana participam de uma cerimônia em que eles renovam os seus votos sacerdotais. Durante o seu sermão, Dom Walmor criticou a política atual. "Faltam líderes expressivos e confiáveis", afirmou o arcebispo.

A Missa da Unidade, que acontece todos os anos na quinta-feira santa no Mineirinho, é uma tradição belo-horizontina, mas não são todas as arquidioceses do país que a fazem. Ainda durante a missa, o arcebispo abençoa os óleos sacramentais que serão usados durante o ano nas paróquias. 

"Nessa celebração abençoamos os santos óleos que são usados para conferir os sacramentos, que são para nós a fonte de graça. Além disso, cada sacerdote comprova  seu compromisso de ser simplesmente servidor do povo de Deus", explicou o Dom Walmor.