Roger Federer derrota checo e vai às quartas em Montecarlo

Em busca de título inédito do Masters 1000 de Monte Carlo, suíço derrotou o checo Lukas Rosol por 2 sets a 0 e encara o francês Tsonga

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Federer vai reencontrar Nadal na final de Roma
Divulgação / ATP
Federer vai reencontrar Nadal na final de Roma

O suíço Roger Federer segue firme em busca do seu primeiro título do Masters 1000 de Montecarlo, disputado em quadras de saibro. Nesta quinta-feira, o número 3 do mundo se classificou para as quartas de final ao derrotar o checo Lukas Rosol, 47º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1.  Na sua estreia em Montecarlo, diante de outro tenista checo - Radek Stepanek - Federer também havia definido a sua vitória em menos de uma hora. Agora, nesta sexta-feira, o suíço vai buscar uma vaga nas semifinais diante do francês Jo-Wilfried Tsonga, contra quem lidera o confronto direto por 10 a 4. Se vencer, conquistará o 950º triunfo da sua carreira.  Nesta quinta-feira, Federer oscilou no início da partida com Rosol. O suíço perdeu o seu saque no terceiro game, viu o checo abrir 3/1 em seguida e só devolveu a quebra no oitavo game. Depois disso, se impôs e fechou a parcial em 6/4.  O segundo set foi bem mais fácil para Federer. Com quebras de saque no quarto e sexto games, o suíço fechou a parcial em 6/1 e o jogo em 2 sets a 0, se mantendo vivo em Montecarlo, Masters 1000 em que foi vice-campeão três vezes, entre 2006 e 2008, sendo derrotado em todas essas decisões pelo espanhol Rafael Nadal. Montecarlo é um dos três Masters 1000 que o suíço nunca venceu - os outros foram em Roma e Xangai.  Ainda nesta quinta-feira, o espanhol David Ferrer também se classificou para as quartas de final do Masters 1000 de Montecarlo. O número 6 do mundo derrotou o búlgaro Grigor Dimitrov, 14º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, em 1 hora e 36 minutos.  O próximo adversário de Ferrer em Montecarlo será o compatriota Rafael Nadal, que o derrotou na decisão desse Masters 1000 em 2011. Além disso, o número 1 do mundo lidera o confronto direto por 21 a 5.  Bruno Soares. O brasileiro Bruno Soares estreou bem na chave de duplas do Masters 1000 de Montecarlo. Nesta quinta-feira, ele e o austríaco Alexander Peya superaram os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Assim, eles se classificaram para as quartas de final e vão encara o bielo-russo Max Mirny e o russo Mikhail Youzhny. Eles derrotaram os franceses Nicolas Mahut e Michael Llodra por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4.

Leia tudo sobre: tenisroger federermasters 1000saibromonte carloquartas de final