Após gol no fim, Willian esbanja otimismo: 'Empate da classificação'

Samudio igualou o marcador para o Cruzeiro já nos acréscimos do jogo diante do Cerro e deixou Willian tranquilo para ajudar a Raposa no Paraguai

iG Minas Gerais | da redação |

Willian é uma das armas do Cruzeiro que podem ficar no banco no clássico diante do Atlético
Washington Alves/Light Press
Willian é uma das armas do Cruzeiro que podem ficar no banco no clássico diante do Atlético
Ao contrário do que aconteceu no jogo diante do Defensor-URU, desta vez foi o Cruzeiro que conseguiu um empate no finalzinho da partida, contra o Cerro Porteño. A igualdade evita uma derrota em casa e deixa o time vivo para o jogo de volta das oitavas da Libertadores. Para Willian, o gol de Samudio deixou a Raposa muito perto das quartas de final.   O jogador esbanjou confiança em vencer o Cerro Porteño no Paraguaio, daqui duas semanas: "Não vamos golear todos os times que jogarem aqui, é Libertadores e não tem jogo fácil, é 1 a 0, 2 a 1... mas este empate tenho certeza que foi o empate da nossa classificação", afirmou o jogador.   O jogador lembrou que o Cruzeiro criou várias chances de gol e não merecia sair de campo derrotado pelo time do Cerro, que soube se comportar bem diante de um adversário melhor e fora de seus domínios.   "Eles fizeram um gol e seguraram, não criaram mais perigo, tocaram a bola bem, como sabem fazer. Mas, graças a Deus, de tanto pressionar, a bola ia entrar. E esse gol vai nos dar uma motivação muito grande. Sair perdendo de 1 a 0 e jogar no Paraguai seria muito mais difícil, mas agora esta tudo igual e temos condições de fazer um bom jogo lá e sair com a classificação", completou o jogador.

Leia tudo sobre: williancruzeirolibertadorescerro porteno