Dois homens são mortos a facadas em Betim nesta quinta-feira

Um deles era o caseiro da Apae da cidade, uma instituição filantrópica que ajuda crianças e adolescentes com deficiência; as duas vítimas foram mortas em ocorrências distintas, entre a madrugada e a manhã desta quinta

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Um  funcionário da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (17). A primeira suspeita levantada pela polícia é de que o caseiro da entidade tenha sido vítima de um latrocínio - roubo seguido de morte.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi encontrada já sem vida caída na rua Fortaleza do bairro Açude.  A vítima apresentava sinais de violência no corpo e a causa da morte foi identificada como sendo por arma branca, possivelmente, uma faca.

As causas do crime ainda não foram esclarecidas, mas há a possibilidade de latrocínio. A suspeita também é desconhecida pela polícia. A Apae Betim foi procurada pela reportagem mas uma funcionária disse não estar sabendo do caso. 

Outro caso

Ainda nesta quinta-feira, durante a madrugada, outro homem foi morto a facadas em Betim, desta vez, no bairro Novo Horizonte. Luiz Ricardo Flores da Silva, 28, foi encontrado sem vida na rua Maraca. Ele morreu após levar duas facadas no lado esquerdo do peito, mas moradores da região não quiseram falar sobre o crime. A moto da vítima, que estava ao lado do corpo, foi apreendida por estar com a documentação atrasada. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave