Bolshoi Brasil seleciona seis crianças em Minas

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Bailarinas se aquecem antes da aula da Bolshoi Brasil
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Bailarinas se aquecem antes da aula da Bolshoi Brasil

No Hall do teatro, as pequenas e os pequenos se exercitam, arrumam as sapatilhas e aguardam ansiosos. No anfiteatro, os professores da famosa Escola do Teatro Bolshoi no Brasil aguardam as bailarinas e bailarinos para aulas e para uma avaliação. Assim foi o primeiro dia da pré-indicação de dançarinos para cursos de dança na escola, que fica em Joinville, em Santa Catarina. Pela segunda vez em 14 anos, a escola saiu da cidade sulista e realizou a pré seleção em Minas Gerais, em um teatro de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce.Governador Valadares.

No palco cada movimento dos participantes era avaliado nos quesitos de flexibilidade, amplitude, mecânica e coordenação motora. Vinte e cinco crianças com idades entre 9 e 11 anos participaram da pré-seleção realizada na manhã de ontem no Teatro Atiai, no centro da cidade. Seis crianças, sendo cinco meninas e um menino, foram escolhidas para participar de uma nova seleção em outubro deste ano, em Joinville, onde vão concorrer a bolsa de estudos na escola com bailarinos de vários Estados. Os nomes dos selecionados em Minas só serão divulgados no próximo dia 26.

A quantidade de participantes e selecionados no Estado ontem surpreendeu a coordenadora da escola Mariléia Cani. “Nós vamos a vários Estados em uma caça a talentos. Então é muito bom ver que tantas meninas participam, e seis escolhidos é um número muito bom. Geralmente nós selecionamos dois”, explicou.

Para as crianças, participar da seleção é alimentar o sonho de se tornar profissional da dança. “Eu espero ser escolhida, porque o bale é minha vida e quero seguir a profissão de bailarina”, disse Letícia Martins, 11. Os dançarinos que forem selecionados em Joinville ganham uma bolsa para estudar na escola. Para agradar as crianças, os pais estão dispostos a se mudar para a cidade sulista. “Eu arranjo um novo emprego lá, vale tudo para alimentar esse sonho dela”, contou a mãe de Letícia, Bruna Martins, 45. Elas moram em Governador Valadares.

Novas seleções. Hoje novas seleções serão feitas, desta vez, participam adolescentes com idades entre 12 e 17 anos, que serão avaliados para as aulas de balé clássico e dança contemporânea. Nessa faixa etária, os selecionadores avaliam principalmente a técnica dos dançarinos e a desenvoltura deles no palco. Além da seleção, houve ontem e haverá hoje aulas com os professores da Bolshoi Brasil.

A escola foi convidada a fazer a seleção em Governador Valadares pela bailarina Tatiana Tassis, que realiza há três anos a semana de dança na cidade. "Eu vejo que a cidade tem um potencial muito grande de dançarinos com várias escolas e dançarinos, o que falta é um incentivo. Essas aulas e seleção é um privilégio para a gente", enfatizou Tassi. Na noite de hoje termina a temporada da escola no interior de Minas. Amanhã a pré seleção será feita em Góias.

Sobre a escola. No Brasil a Bolshoi existe desde 2000. Ela segue o modelo da famosa escola de mesmo nome na Rússia. Em Joinville, ela conta atualmente com 300 alunos, sendo que 101 são meninos. Os bailarinos são de várias partes do país. Durante os cursos de balé clássico e dança contemporânea, além de técnicas para as danças, os alunos têm aulas de partitura, música e dueto, onde aprendem danças em dupla.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave