Herrera pode estar próxima de sair do Praia Clube

Jogadora deixou mensagem em sua página no Facebook, dando adeus ao Brasil; supervisor da equipe acredita em renovação

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Herrera pode ser peça fundamental do Praia Clube na temporada
CBV - DIVULGAÇÃO
Herrera pode ser peça fundamental do Praia Clube na temporada

Após o fim da temporada da Superliga feminina para grande parte dos times, algumas mudanças já começam a dar sinais de que podem acontecer com o torneio ainda em andamento.

Uma delas pode acontecer com a ponta cubana Herrera, um dos destaque do Banana Boat-Praia Clube. Na atual temporada, a jogadora sofreu com dores no joelho.

Após romper o ligamento ainda na temporada passada, quando era a maior pontuadora da competição, Herrera voltou a jogar neste ano, mas bem depois do campeonato ter começado.

Mesmo assim, ela se superou e mostrou muita dedicação no trabalho de fisioterapia para tentar ajudar o time. Sua presença aconteceu, mas em poucos jogos.

Após algumas partidas, Herrera voltou a sentir dores no joelho e foi submetida a uma nova cirurgia. Nesta quarta-feira, a jogadora postou mensagem em sua página no Facebook com tom de despedida.

"Saudações a todos os meus amigos. Estou indo embora pra Cuba e aos meus fãs no Brasil, digo que voltarei um dia para jogar aqui. Adorei e foi um prazer conhecer pessoas magníficas. Deixo amigos espetaculares. Já sinto saudades de vocês, já sinto saudades do Brasil e de todos. Meu queridos amigos estarão em meu coração para sempre", afirmou a jogadora.

Apesar da dúvida deixada no ar, o supervisor do time de Uberlândia, Bruno Vilela, afirmou que a situação é recorrente. "Ela está de férias e seu contrato se encerra no fim deste mês, uma realidade que é a mesma para todas as jogadoras. Ela vai retornar para a casa dela e não tem nada confirmado ainda. Toda negociação é feita com o agente dela. Não temos definição sobre sua saída ou permanência. Ela está apenas voltando para seu país para rever familiares e amigos", comenta Vilela, que garantiu interesse do Praia na jogadora.

"Ela é um atleta de alto nível e todo time quer tê-la em seu elenco. Conosco não é diferente. Mas ainda iremos sentar com comissão técnica, diretoria e patrocinadores para definirmos nossas prioridades. O contrato de todas as jogadores se encerra agora e devemos ter novidades a partir destas reuniões", sinaliza. Outra estrangeira está perto de sair

Outra que já parece estar próxima de uma despedida do vôlei brasileiro foi a ponta norte-americana Kristin Richards, do Vôlei Amil. Ela jogou sua primeira temporada no país neste ano e, após a eliminação nas semifinais para o Unilever, também deixou mensagem para os fãs na rede social.

"Nosso time acabou perdendo a segunda semifinal em 5 sets, 14-16 e essa está entre as perdas mais triste da minha carreira. Estou tão triste porque minha jornada com essa equipe acabou. Eu tive a experiência mais incrível e especial aqui no Brasil com Vôlei Amil e vou mantê-lo perto do meu coração para sempre. Estou indo para casa esta semana. Nos vemos em breve EUA", destaca a jogadora, deixando poucas esperanças para a torcida campineira.