Ex-diretor vai a Câmara para esclarecer compra de Pasadena

Expectativa da oposição é de que ele contraponha a versão da presidente, corroborada nesta terça-feira por Graça Foster, da omissão de informações ao Conselho de Administração

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Caiu. Cerveró era diretor da Área Internacional da estatal na época da aquisição de refinaria, no Texas
ALAOR FILHO
Caiu. Cerveró era diretor da Área Internacional da estatal na época da aquisição de refinaria, no Texas

O ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró é esperado na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara nesta quarta-feira para expor sua versão sobre a compra da refinaria de Pasadena.

A expectativa da oposição é de que ele contraponha a versão da presidente Dilma Rousseff, corroborada nesta terça-feira por Graça Foster, da omissão de informações ao Conselho de Administração.

"A presidente da Petrobras está acusando o Cerveró de ser o responsável pelo prejuízo. É a hora de ele responder", afirmou o vice-líder do PSDB, Vanderlei Macris (SP). Edson Ribeiro, advogado do ex-diretor, encaminhou na tarde de segunda-feira uma confirmação de presença.

Foi ele quem procurou a oposição nas últimas semanas colocando o cliente a disposição para dar esclarecimentos. Ribeiro já sustentou que Cerveró teria encaminhado com antecedência para o Conselho todas as informações sobre o caso, incluindo o contrato.

Leia tudo sobre: políticapetrobrascamaraNestor Cerveró