André Vargas volta atrás e irá renunciar ao mandato nesta quarta-feira

Decisão foi tomada após divulgar que iria renunciaria ao mandato e desistir da ideia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Vargas volta atrás e agora diz que renunciará nesta quarta
Gustavo Lima / Câmara dos Deputados
Vargas volta atrás e agora diz que renunciará nesta quarta

O deputado André Vargas (PT-PR) afirmou no fim da tarde desta terça-feira (15) que irá mesmo renunciar ao cargo nesta quarta-feira (16). A decisão foi tomada após divulgar que iria  renunciaria ao mandato e voltar atrás. 

Durante a tarde, o deputado licenciado disse ao Broadcast Político que não iria apresentar sua carta de renúncia nesta terça-feira (15), como previsto inicialmente, devido a um impasse da interpretação jurídica sobre a eficácia de sua decisão de abrir mão do mandato.

Vargas foi comunicado por seus assessores que o Conselho de Ética da Câmara pedirá ao presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que não aceite a renúncia assim que o documento for protocolado. "Não sei (se renuncio). Estão dizendo que não posso fazê-lo", afirmou. Aos assessores, Vargas admitiu que vive um impasse. "Fui surpreendido com o disparate da posição do Conselho de Ética."

Já o presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PSD-SP), acredita que, neste caso, o mandato fica suspenso e a renúncia não pode ser aceita uma vez que Vargas responde por quebra de decoro parlamentar. "Como o Conselho pode pedir a cassação, se não tem mais mandato?", questionou.

Com Agências 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave