Atlético vai à CBF contra assistente da final do Mineiro

Bandeirinha Fábio Pereira assinalou impedimento de Jô que vetou o pênalti cometido por Dedé no atacante

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

O Atlético entrou com uma representação contra o assistente Fábio Pereira na CBF por causa do erro cometido no clássico do último domingo, contra o Cruzeiro, pela final do Campeonato Mineiro. De acordo com o diretor de futebol do clube, Eduardo Maluf, o Galo pede que o bandeirinha não seja mais escalado em partidas da equipe alvinegra.

Fábio Pereira acabou errando no final da partida no Mineirão, ao não assinalar o pênalti sofrido pelo atacante Jô, cometido pelo zagueiro Dedé. O assistente marcou impedimento. Como a partida terminou 0 a 0, o Galo acabou perdendo o título estadual para o Cruzeiro, que jogava pelo resultado igual.

Leia tudo sobre: fabio pereiraassistenteatleticogalorepresentacao