Justiça de Contagem dá parecer favorável à transferência de Bruno

Apesar da decisão positiva, transferência está condicionada a transferência entre presos que será avaliada pela justiça de Montes Claros

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Aos 27 anos, ex-jogador do Flamengo limpa presídio e recebe um benefício de R$ 408,75
ALEX DE JESUS - 28.6.2011
Aos 27 anos, ex-jogador do Flamengo limpa presídio e recebe um benefício de R$ 408,75

A Justiça de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, não se opôs a transferência do goleiro Bruno para Montes Claros, no Norte de Minas Gerais, segundo divulgação da assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) nesta terça-feira (15). No entanto a liberação da transferência está condicionada a decisão da Justiça de Montes Claros que vai avaliar um pedido de permuta dos advogados de defesa de Bruno que chegou ao magistrado nesta terça.

A princípio, o juiz de Montes Claros Francisco Lacerda Figueiredo,  afirmou que o Presídio Regional de Montes Claros está superlotado e não tem condições de receber o preso. Os advogados de defesa do goleiro pediram então uma permuta, sendo que Bruno iria para Montes Claros e um detento dessa unidade viria para o Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, onde Bruno atualmente cumpre sua pena. 

O preso já teria sido identificado pelos advogados de defesa do ex-jogador do Flamengo e teria mostrado interesse na troca. O juiz de Montes Claros disse que vai avaliar o pedido de troca e deve dar um parecer na próxima semana. 

Ontem, os advogados de defesa do goleiro entregaram à Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) um documento em que o juiz da Vara de Execuções Penais de Contagem, Wagner Cavallieri, diz que não se opõe a transferência do jogador. Por meio de nota, a Seds informou que anexou o documento ao processo de pedida de transferência do preso. Ainda segundo a nota da Seds, a transferência depende da liberação da Justiça de Montes Claros. 

A transferência visa a volta do jogador para os gramados, já que no último dia 28 de fevereiro, o ex-goleiro do flamengo assinou contrato de cinco anos para ser jogador do Montes Claros Futebol Clube, que disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro.

O goleiro foi condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo assassinato triplamente qualificado da ex-amante Eliza Samudio, com quem teve um filho. O corpo da mulher permanece desaparecido

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave