Arce elogia Cruzeiro e revela preocupação com estilo de jogo

Ex-jogador de Grêmio e Palmeiras afirma que desde o ano passado acompanha jogos do time estrelado

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES E FERNANDO ALMEIDA |

Arce chama a atenção para a pressão inicial que espera do Cruzeiro
WEBREPÓRTER/FERNANDO ALMEIDA
Arce chama a atenção para a pressão inicial que espera do Cruzeiro

Atual campeão Brasileiro, o Cruzeiro ressurgiu na Copa Libertadores da América e mostra que pode dar muito trabalho na segunda fase da competição continental. Para tentar conquistar o título do torneio, a Raposa abre às oitavas de final contra o Cerro Porteño, nesta quarta-feira, às 22h, no Mineirão. E o técnico da equipe paraguaia, Arce, um velho conhecido dos cruzeirenses, disse que acompanha os jogos da equipe cinco estrelas desde a última temporada. “Desde o ano passado a gente acompanha a grande campanha que o Cruzeiro fez e que culminou com o título Brasileiro. Vimos o jogo contra o Atlético, também (decisão do Mineiro de 2014). Então temos muitas informações do adversário”, disse Arce. Ex-lateral e, também, ex-técnico da seleção do Paraguai, Arce, que passou por Grêmio e Palmeiras na década de 1990 – e esteve na mira celeste por algumas vezes naquela época – admite preocupação com o Cruzeiro. “Normalmente, pelo o que a gente vem acompanhando, eles jogam forte nos primeiros minutos quando estão no Mineirão. O importante é não perder a nossa linha, porque se não ficará difícil de segurar o tempo todo. Temos de tentar jogar também para a gente conseguir marcar gols, fato importante para o jogo da volta”, explicou o treinador paraguaio. “Teremos muitas dificuldades, mas confiamos na capacidade dos nossos jogadores, no jeito de jogar que o time tem, um pouco distinto do que vocês estão acostumados da maioria dos times paraguaios.  

Leia tudo sobre: cruzeiroraposacerro porteñoarcetecnicolibertadores