Roland Garros aumenta premiação para R$ 76 milhões

Campeões do Grand Slam, no feminino e no masculino, receberão 1,65 milhão de euros, mais de R$ 5 milhões

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Nadal tem apenas uma derrota em Roland Garros, em 2009, para o sueco Robin Soderling
Associated Press
Nadal tem apenas uma derrota em Roland Garros, em 2009, para o sueco Robin Soderling

Os organizadores de Roland Garros, um dos quatro torneios do Grand Slam, anunciaram nesta terça-feira um incremento na premiação da competição. A edição de 2014 do torneio, disputado em quadras de saibro em Paris, distribuirá mais de 25 milhões de euros (aproximadamente R$ 76 milhões) aos jogadores, um aumento de 3 milhões de euros (R$ 9 milhões) em comparação com o ano passado.

Os tenistas que vencerem as chaves de simples feminina e masculina de Roland Garros vão receber 1,65 milhão de euros (R$ 5,04 milhões) cada um, 150 mil euros (R$ 460 mil) a mais do que de 2013. Já os vice-campeões vão ficar com 825 mil euros (R$ 2 52 milhões) cada, um aumento de 75 mil euros (R$ 230 mil) em comparação com o ano passado.

"Esse notável incremento nos prêmios que distribui Roland Garros é parte de um plano que começou a ser implementado em 2013 e será mantido até 2016", afirmou, nesta quarta-feira, Gilbert Ysern, diretor do torneio e dirigente da Federação Francesa de Tênis.

Os aumentos mais significativos na premiação serão para os tenistas que forem eliminados na segunda e terceira rodadas e nas oitavas de final da próxima edição de Roland Garros, com aumento entre 20% a 25% do valor distribuído a eles.

No ano passado, a quantia paga aos tenistas subiu de 18,7 milhões de euros (R$ 57,1 milhões) para 22 milhões de euros (R$ 67 milhões). A edição de 2014 de Roland Garros será disputada entre os dias 25 de maio e 8 de junho. O espanhol Rafael Nadal e a norte-americana Serena Williams são os atuais campeões do Grand Slam parisiense.

Leia tudo sobre: tenisroland garrospremiodinheiroeurorealmilhões