Após exame, médico vê 'condição incrível' de Valdivia

Meia chileno mostrou grande evolução física e a expectativa é que ele deixe de ser figura constante no departamento médico

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Palmeiras já é campeão e garantiu o acesso à Série A, mas Valdivia está relacionado
Reprodução/Facebook
Palmeiras já é campeão e garantiu o acesso à Série A, mas Valdivia está relacionado

Quando se fala de Valdivia, muitos torcedores lembram de lesões e problemas musculares. Mas isso parece ser coisa do passado. O jogador chileno se submeteu a um exame que mostrou que ele vive uma excelente forma física. Em segredo, o meia do Palmeiras fez uma nova biópsia na última sexta-feira para saber sua condição física e nesta segunda-feira ele teve o resultado, que por muitos pode ser considerado surpreendente.

"Ele tem uma situação excelente. O padrão melhorou em 100% e aquelas alterações que ele apresentava deixaram de existir”, disse à reportagem Beny Schmidt, chefe do Laboratório de Patologia Neuromuscular da Unifesp, responsável pelo exame.

O médico foi o mesmo que em abril de 2012 fez o primeiro exame e o resultado era de que o meio-campista teria uma musculatura fragilizada, que não aguentaria dois jogos por semana. “O departamento médico do Palmeiras agiu da melhor maneira possível e o jogador claramente se cuidou. Esses pontos foram fundamentais para a mudança. Do ponto de vista neuromuscular, ele está apto a disputar um esporte de alto rendimento”, garantiu Schmidt.

Assim, fica claro que o jogador está em condições de treinar normalmente. “Hoje ele tem a condição física de qualquer outro jogador. Na verdade ele tem uma condição física incrível. Se sofrer uma lesão, não tem nada a ver com o que aconteceu no passado”, avisou o médico. O exame consiste na retirada de um pequeno pedaço de músculo extraído do braço.

Leia tudo sobre: palmeirasvaldiviameiamedicofisicoexame