Aposentado mudou rua onde mora

Escolha do seu candidato preferido na categoria Cidadania deve ser feita pela internet

iG Minas Gerais | dayse resende |

Amor. Orgulhoso do trabalho desenvolvido, o aposentado José mostra algumas de suas plantações
FOTO: MOISES SILVA / OTEMPO
Amor. Orgulhoso do trabalho desenvolvido, o aposentado José mostra algumas de suas plantações

Termina nesta terça a apresentação dos finalistas do Prêmio Bom Exemplo na categoria Cidadania. A iniciativa, que é coordenada pela TV Globo Minas e pela Fundação Dom Cabral, com a participação da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e do jornal O TEMPO, busca valorizar pessoas que ajudam e tentam mudar a realidade da comunidade onde vivem. Desde o último dia 11, o jornal O TEMPO apresenta os finalistas. O personagem desta terça é José Paulo Olímpio, um eletricista aposentado. Há quatro anos, ele decidiu plantar um jardim na rua Dário Faria Tavares, onde mora, em Belo Horizonte. Com vizinhos e amigos, plantou um pomar comunitário com diversos tipos de frutas. O local é mais conhecido como “Rua do Pomar”. “As pessoas jogavam muito entulho na minha porta, e isso me incomodava. Foi então que comecei a plantar no local”, lembra José Paulo. Aos poucos a área foi adotada pela comunidade. Vizinhos do bairro das Indústrias gostaram da iniciativa e ampliaram o projeto. “Muitos viram que essa era uma forma de se evitar o acúmulo de lixo nas ruas. Assim, com o passar do tempo, o projeto foi crescendo”, comemora o aposentado. Ao lado do jardim também foi criada uma biblioteca comunitária, onde moradores da região podem ter acesso a livros. Essa é uma maneira que o aposentado encontrou para incentivar a leitura. Confraternização. Sempre que os moradores preparam alguma atividade, é servido o café comunitário. Foi em um desses encontros que surgiu o plano de aproveitar parte do antigo entulho para dar outro bom exemplo. Velhos monitores de computador foram pintados, decorados e viraram lixeiras para recolher material reciclável. “Esse é um projeto de sustentabilidade”, destaca. A área também ganhou arte e poesia nos muros. O destaque é o poema “O Meu Pomar”, de Cecília Meireles. “Essa era uma rua praticamente morta, mas agora mudou. Ela está bonita, bem-cuidada e muito diferente. Nesta terça ela é um espaço de convivência para os moradores da região”, diz o finalista. Votação. A votação popular pela internet deve ser feita no site www.premiobomexemplo.com.br. A premiação acontece no dia 29, em Belo Horizonte. Outros oito vencedores das categorias Ciência, Cultura, Economia e Desenvolvimento de Minas, Educação, Esportes, Inovação, Meio Ambiente e Personalidade do ano já foram escolhidos pelo corpo de jurados do Prêmio Bom Exemplo de 2014. Todas elas receberam indicações de parceiros da premiação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave