Produtividade deve duplicar

iG Minas Gerais | Suellen Amorim |

A expansão prevista para as Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (CeasaMinas), em Contagem, na região metropolitana da capital, deve triplicar a área construída e duplicar a produtividade e a oferta de empregos. A intervenção na área onde está a ocupação William Rosa deve ser feita ao longo de cinco anos após a assinatura do contrato.  

Conforme matéria de O TEMPO publicada em 14 de março, serão construídos quatro setores de galpões de comércios atacadista e varejista de alimentos, insumos para criação animal, eletrodomésticos, hotel, restaurantes, agências bancárias e postos de combustível. 

O diretor da CeasaMinas, Gamaliel Herval, disse na época que o empreendimento iria melhorar as condições de armazenamento, refrigeração e distribuição de produtos, já que a capacidade atual das centrais estaria defasada para atender à demanda.

A Secretaria Geral da Presidência foi procurada nessa segunda para comentar o caso, mas a assessoria de imprensa informou que deve ocorrer um pronunciamento nesta terça sobre a situação, tendo em vista que o secretário-geral, Gilberto Carvalho, estava em uma agenda sobre a Copa do Mundo em Porto Alegre (RS). 

Ocupação Histórico. As famílias começaram a ocupar a área em setembro de 2013. No dia 13 de março deste ano, o Tribunal de Justiça de Minas determinou a reintegração de posse. Cabe recurso.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave