Olhar e fala popular na literatura

Terças Poéticas recebe o escritor mineiro Olavo Romano

iG Minas Gerais | Vinícius Lacerda |

Olavo Romano é o atual presidente da Academia Mineira de Letras
Márcia francisco / divulgação
Olavo Romano é o atual presidente da Academia Mineira de Letras

Pela segunda vez, o escritor e atual presidente da Academia Mineira de Letras, Olavo Romano, participa do evento literário Terças Poéticas, na Casa Una de Cultura. Desta vez, porém, ele estará acompanhado pelo cantor e compositor Celso Adolfo, que apresentará seu mais recente trabalho musical, inspirado no livro de contos “Sagarana”, de João Guimarães Rosa.

“O projeto está fazendo dez anos e durante esse tempo trouxe muita gente importante para debater temas muito interessantes. E para mim participar novamente é também motivo para comemoração”, afirma Romano.

Natural do distrito de Morro do Ferro, município de Oliveira, na região do Campo das Vertentes, Olavo Romano foi procurador do Estado durante muitos anos. Mesmo como servidor público desenvolveu uma prolífera carreira como escritor de livros, que são reconhecidos pela oralidade e pelos cenários do interior de Minas. “Sempre utilizei da herança da cultura popular para minha literatura. Uso do olhar do povo sobre a vida e sobre o mundo”, comenta o escritor.

Nessa linha, escreveu sete livros: “Casos de Minas”, “Minas e Seus Casos”, “Dedo de Prosa”, “Prosa de Mineiro”, “Os Mundos Daquele Tempo”, “Um Presente para Sempre” e “Memórias Meio Misturadas de Um Jacaré de Bom Papo”. “Inicialmente, utilizei de todas minhas lembranças de infância para escrever meus primeiros livros. Mas depois eu comecei a viajar e ouvir casos de outras regiões do país que acabaram influenciando meu trabalho”, diz Romano.

As novas referências também o fizeram refletir sobre a abrangência dos aspectos que serviam de inspiração. “Notei que minhas experiências fazem parte de um determinado tempo e não somente de um lugar”, diz Romano, destacando que sua percepção do interior é característica de um época do Brasil e não apenas de Minas Gerais.

Reflexões como essa farão parte dos temas que serão abordados no bate-papo. E para contribuir ainda mais com a discussão, foram escolhidos trabalhos de dois importantes pesquisadores da área, o antropólogo e escritor Darcy Ribeiro e o ator e apresentador Rolando Boldrin, para guiar a conversa. “De formas diferentes, os dois têm trabalhos voltados para as raízes da cultura brasileira e isso vai ajudar muito em nossa discussão”, afirma Romano, que resume: “Vamos conversar sobre o Brasil rural e sua influência na literatura. Mas tudo de uma maneira bem interativa, informal e, se possível, animada”, diz.

Agenda

O quê. Terças Poéticas com Olavo Romano e Celso Adolfo

Quando. Nesta terça, às 19h

Onde. Casa Una de Cultura (rua Aimorés, 1.451, Lourdes)

Quanto. Entrada franca, com distribuição de ingressos uma hora antes do início do encontro

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave