Jesus é o Senhor de todas as coisas

iG Minas Gerais |

Precisamos reconhecer a presença de Jesus. Ele é o Senhor de todas as coisas. Certa vez, os fariseus discutiam a respeito do sábado, mas, quando lemos Marcos, capítulo 2, verso 27 e 28, vemos que Jesus é Senhor até do sábado. Isso mostra a autoridade dEle sobre todas as coisas. “E acrescentou: o sábado foi estabelecido por causa do homem, e não o homem por causa do sábado; de sorte que o Filho do Homem é Senhor também do sábado”. Além disso, Jesus é Senhor e também Filho, tanto que Ele se refere a Deus como Pai. Em João, capítulo 5, versos 17 e 18, está registrado. “Mas ele lhes disse: meu pai trabalha até agora, e eu trabalho também. Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não somente violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus”. Jesus não se parece com Deus, Jesus é Deus. Ele não é inferior, e seu coração precisa proclamar essa verdade. Enquanto você está aí, Jesus está trabalhando a seu favor. Os livramentos que você nem mesmo sabe que teve, as situações ruins das quais foi retirado são trabalhos de um Deus zeloso. Como os fariseus, muitos vivem discutindo sobre aquilo que julgam certo ou errado, roupas, costumes, dias. Contudo, Jesus não é uma questão de doutrina, a nossa fé é relacionamento com Ele. Jesus quer que aprendamos a nos relacionar com Ele. Jesus é Deus! Na nossa mente não conseguimos absorver essa realidade no sentido natural. Somente no espiritual, por meio das Escrituras. A maneira de conhecer a Jesus é conhecendo como Ele se revelou, se mostrou. Jesus se mostra revelando que Ele e o Pai são apenas um. Também no evangelho de João, no capítulo 5, verso 43, encontramos uma proclamação, Jesus diz que Ele veio em nome de seu Pai. Ele diz assim: “Eu vim em nome de meu Pai, e não me recebeis; se outro vier em seu próprio nome, certamente, o recebereis”. Vê-lo, conhecê-lo é ver e conhecer o Pai. Nós conhecemos a Deus vendo Jesus, nós conhecemos a Deus vendo e conhecendo o próprio Senhor. Conhecer a Jesus é tão fascinante, e que bom seria se vivêssemos para conhecê-lo. “Conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor”. Quanto mais você conhece a Jesus, quanto mais íntimo dEle se torna, mais entende quem de fato Ele é, os valores que Ele nos deixou, a forma de viver. Há pessoas que ainda não O conhecem, não conhecem a sua Palavra, e por isso pensam que o dia da igreja é domingo. O dia da igreja é segunda, terça, quarta, quinta, sexta, sábado e domingo. Todos os dias são dias do Senhor e para conhecer ao Senhor. Na fé em Jesus não há espaço para entrar e sair da presença de Deus, como algumas pessoas oram: “Oh Deus, agora eu entro na sua presença”. Não é uma questão de entrar e sair da presença de Deus, mas viver na presença dEle. Por isso, quando você participar da Ceia é importante que proclame esta verdade: “Eu conheço, eu sei o significado de ver e conhecer a Jesus”. Quem é Jesus? Jesus é Deus. E quero que você compreenda que pode se relacionar com Ele, com esse Deus Todo-Poderoso, que é Pai, Filho, Senhor dos senhores, Rei dos reis. “Deles são os patriarcas, e também deles descende o Cristo, segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus bendito para todo o sempre. Amém!” (Rm 9.5). Quem é chamado aqui “Deus bendito para todo o sempre”? Jesus! Ele e o Pai são um, essa afirmação é do próprio Jesus! Jamais abra espaço para que sua mente, seu coração não viva essa realidade.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave