Tempo de integração e tarifa de ônibus são definidos em Juiz de Fora

A conexão pode ser feita entre regiões diferentes, em um único sentido (ida ou volta), o equivalente à utilização de dois ônibus

iG Minas Gerais | Da Redação |

Os usuários do transporte coletivo interessados em utilizar a integração temporal, já podem se cadastrar na sede da Astransp, no centro da cidade
Os usuários do transporte coletivo interessados em utilizar a integração temporal, já podem se cadastrar na sede da Astransp, no centro da cidade

O tempo de integração entre as linhas de ônibus do projeto piloto “Bilhete Único”, em Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira foi ampliado, passando de 60 para 90 minutos. Já a tarifa será de R$ 3,07, conforme o Decreto n.° 11.935, publicado na edição do Atos do Governo do último sábado (12), no portal da Prefeitura. 

A partir do anúncio do projeto, e em função da avaliação feita em algumas linhas, foi constatado que o tempo de viagem de alguns ônibus é mais longo. Já que um dos objetivos do “Bilhete Único” é exatamente promover a melhoria da prestação de serviços aos usuários do transporte coletivo na cidade, a PJF decidiu pela ampliação do tempo de integração, para, assim, incluir, e beneficiar, o maior número de passageiros.

O valor também foi calculado a partir destes levantamentos. Várias simulações foram realizadas, considerando dados reais da bilhetagem eletrônica.

Bilhete Único

Com a tarifa única, as linhas de ônibus 640 (Rodoviária), 555 (Universidade), 754 (Circular Benfica – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial/Senai) e 756 (Distrito Industrial – Circular Benfica) passarão a realizar, a partir desta terça-feira (15) a integração temporal entre regiões diferentes da cidade para os usuários cadastrados que já estiverem com o cartão.

Com a operação, todas as linhas de ônibus da cidade poderão integrar-se com uma das quatro linhas de ônibus citadas, sendo cobrado o valor equivalente a uma passagem e meia.

A conexão pode ser feita entre regiões diferentes, em um único sentido (ida ou volta), o equivalente à utilização de dois ônibus. O morador da Zona Norte, por exemplo, pode acessar um ônibus de outras regiões, como sul, leste, sudeste, entre outras, normalmente, com um valor único. A expectativa é de que até o final do ano todas as linhas estejam utilizando o sistema.

Cadastramento

Os usuários do transporte coletivo interessados em utilizar a integração temporal, já podem se cadastrar na sede da Astransp (Rua Espírito Santo, 296 – Centro). É necessário apresentar carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave