Márcio Araújo nega que gol irregular 'manchou' o título

Volante atuou em nove partidas pela equipe rubro-negra e seu único tento foi justamente o que ocasionou a conquista do Campeonato Carioca

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Márcio Araújo, autor de gol polêmico, tratou de minimizar o erro da arbitragem
SITE OFICIAL/DIVULGAÇÃO/FLAMENGO
Márcio Araújo, autor de gol polêmico, tratou de minimizar o erro da arbitragem

Autor do gol polêmico que deu o título do Campeonato Carioca ao Flamengo sobre o Vasco, no último domingo, no empate por 1 a 1, no Maracanã, o volante Márcio Araújo acredita que a não marcação do impedimento no lance não manchou o título rubro-negro.

“Ele (auxiliar) poderia ter errado para qualquer lado, como ele (árbitro da partida, Marcelo de Lima Henrique) foi infeliz em vários lances, em ter dado cartões para nossa equipe, ter dado falta para equipe do Vasco e, para nós, não. Acho que não interferiu em nada”, disse o volante durante uma conversa com a imprensa, nesta segunda-feira.

Márcio Araújo também minimizou o erro da arbitragem. “Em um lance de escanteio é muito difícil ver o impedimento, principalmente porque a bola não foi direto para mim. Ela bateu na trave antes, então seria muito difícil marcar o impedimento”, acredita.

O volante chegou ao Flamengo em fevereiro e sua inscrição no Campeonato Carioca ocorreu quase no encerramento do prazo. Até aqui, Márcio Araújo atuou em nove partidas pela equipe rubro-negra e seu único gol foi justamente o que ocasionou a conquista do Campeonato Carioca. E nem ele esperava ter marcado o gol do título.

“Principalmente pela minha posição eu não imaginava ser tão importante. O gol ocorreu de uma maneira improvável. Em um lance comum, eu não estaria ali na área. Mas pela necessidade do grupo naquele momento, eu apostei em arriscar, a bola acabou sobrando e eu estava no lugar certo", festejou.

CAMPEONATO BRASILEIRO - Após ser eliminado precocemente do Campeonato Carioca, para o volante vencer o Estadual foi importante para evitar uma mais cobrança sobre a

equipe e tranquilizar a torcida. “Em time grande sempre vai existir cobrança. Depois de jogar uma final contra o maior rival depois de ser eliminado numa grande competição (Libertadores), sabia que a responsabilidade seria grande para conquistar esse título. Para dar tranquilidade ao torcedor e começar o Brasileiro bem, sem ter muita cobrança. Quanto a isso, acho que conquistar esse título foi importante, sim", destacou.

Depois do desempenho irregular do volante Muralha nas últimas partidas, o treinador Jayme de Almeida apostou em Márcio Araújo na decisão do Carioca. Mas o herói do título acredita que ter marcado o gol do título não garantirá a posição de titular no Campeonato Brasileiro, que começa no próximo final de semana. “Existe uma concorrência muito grande. Todos aqueles que têm entrado, têm que aproveitar a

oportunidade. Dar seu máximo. Porque o campeonato (brasileiro) é longo e o futebol muda muito rápido. Então não podemos nos iludir com o momento que vivemos hoje."