Michael Phelps desiste de aposentadoria e marca retorno

Ainda não se sabe qual o nível competitivo do atleta, nem quais provas ele nadará; norte-americano está parado desde os Jogos de Londres

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Coube a federação de natação dos EUA, a USA Swimming, anunciar o retorno do astro, nesta segunda-feira
Associated Press
Coube a federação de natação dos EUA, a USA Swimming, anunciar o retorno do astro, nesta segunda-feira

Maior medalhista olímpico de todos os tempos, Michael Phelps está de volta. O nadador, que já vinha treinando regularmente no seu antigo clube, o North Baltimore Aquatic Club, orientado pelo técnico Bob Bowman, está inscrito para participar do Grand Prix de Mesa, entre 24 e 26 de abril, no estado norte-americano do Arizona.

Coube a federação de natação dos EUA, a USA Swimming, anunciar o retorno do astro, nesta segunda-feira. "O dono de 22 medalhas olímpicas Phelps é esperado para competir pela primeira vez desde que ganhou quatro medalhas, quatro delas de ouro, nos Jogos Olímpicos de Londres, 2012" é tudo que escreve a entidade, ao apresentar a competição no seu site oficial.

Ainda não se sabe qual o nível competitivo de Phelps, nem quais provas ele nadará. O multicampeão ganhou, em Londres, apenas duas provas individuais: os 100m borboleta e os 200m medley. Na última Olimpíada ainda foi prata nos 200m borboleta, tendo tido sucesso, anteriormente, também em provas de 400m medley e 200m livre.

Em novembro do ano passado, foi revelado que o nadador voltou a fazer parte do programa norte-americano antidoping, forte indício da possibilidade de competir novamente. Isso porque, como atleta amador ou aposentado, Phelps não precisaria se submeter a nenhum controle antidoping. Apenas em competições oficiais é que é exigido que um atleta não tenha consumido nenhuma de uma extensa lista de substâncias proibidas.

Na ocasião, a Agência Antidoping Norte-Americana revelou que Phelps foi testado duas vezes no terceiro trimestre de 2013, período encerrado no último dia 30 de setembro. Na mesma época, Bowman afirmou que o interesse de Phelps não era competitivo, mas se manter em forma.

Phelps, de 29 anos, está parado desde os Jogos de Londres. A volta agora é providencial para que possa participar do Campeonato Norte-Americano, que vai acontecer em agosto, em Irvine. Estar no torneio é mandatório na definição da equipe dos EUA que vai disputar o Mundial de Kazan em 2015.

Leia tudo sobre: nataçãophelpsaposentadoriaretorno