Experiência única em passeio com peixes-boi

Resort em parceria com Santuário do peixe-boi incentiva passeio contra a extinção do mamífero

iG Minas Gerais |

É possível encontrar os peixes-boi ao longo do leito do rio Tatuamunha, que é uma espécie de berço para esses mamíferos
Mapa Comunicação/Divulgação
É possível encontrar os peixes-boi ao longo do leito do rio Tatuamunha, que é uma espécie de berço para esses mamíferos

No município de Porto das Pedras (AL), localizado a apenas 70 quilômetros da paradisíaca Maragogi, vive o famoso peixe-boi. Esse mamífero ameaçado de extinção, de temperamento dócil e extrovertido, pode chegar a 800 quilos e viver por até 60 anos. A ameaça de extinção faz com que essa região alagoana seja praticamente um Santuário do Peixe Boi.

Embora ameaçados, é possível localizá-los ao longo do leito do rio Tatuamunha, que é uma espécie de berço para esses mamíferos. E quem tem curiosidade em conhece-los, há um passeio acessível que mescla brincadeiras com os peixes, além de uma oportunidade singular de ter contato com uma natureza rica em diversidade.

Quem parte de Maragogi, cidade estrategicamente localizada entre as capitais Maceió (AL) e Recife (PE), pode contar com serviços da Costa Azul Receptivo, que leva os visitantes até o encontro com o peixe-boi. O passeio parte do Grand Oca Maragogi Resort e leva menos de uma hora de van até o destino. 

Logo na saída do empreendimento, os visitantes já podem observar da janela do transporte as paisagens da pacata cidade, que reúne um povo amistoso e bares com a famosa bala de goma, uma especiaria daquela região. As praias azul-esverdeadas completam o cenário que faz desse cantinho do Brasil um lugar para fotografar e recordar com um foto em seu porta-retrato.

Ao chegar à beira do rio, um grupo de ribeirinhos lidera o passeio de jangada, que desliza até o encontro com os verdadeiros protagonistas, no oficial Santuário do Peixe Boi, que possui 18 espécimes. Posar para fotos, chegar bem perto das pessoas e colocar a barbatana na jangada são exemplos das brincadeiras que esses simpáticos mamíferos podem fazer.

O tempo de duração da excursão é de cerca quatro horas e como a preservação do habitat é constante, o número de visitantes é limitado, por dia. Para ter acesso a essa experiência e poder contar para os seus amigos que você já viu o peixe-boi, o valor desse passeio, por pessoa, é de R$ 45 o transporte e mais R$ 40 para acessar o santuário.

Hospedagem

E ir a Maragogi e não tirar um dia para curtir as praias e toda a beleza natural daquela região é praticamente uma heresia. Sendo assim, o Grand Oca Maragogi Resort oferece programa de hospedagem a partir de R$252,50 por pessoa, por dia, em apartamento duplo, com sistema all inclusive (mínimo 4 noites) e acesso a toda a estrutura do empreendimento, que está localizado de frente para a praia Ponta de Mangue.

Serviço

Grand Oca Maragogi Beach & Leisure Resort

Visitação ao Peixe-boi

Tempo de duração: 4h

Valor Passeio: R$ 85,00

Passeio: www.costazulturismo.com.br

Mais informações podem ser obtidas pelo site: wwww.grandocamaragogiresort.com

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave