Servidores da saúde de Betim fazem paralisação de 24 horas

Profissionais da região Centro-Sul e do bairro Teresópolis seguiram em passeata pelo centro da capital, na manhã desta segunda-feira (14) e encerraram protesto em frente ao prédio da Prefeitura do município

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Aproximadamente 200 trabalhadores da área da saúde que atuam em Betim, na região metropolitana, cruzaram os braços nesta segunda-feira (14) em paralisação de 24 horas. Durante a manhã, profissionais da região Centro-Sul e do bairro Teresópolis seguiram em passeata pelo centro da capital e encerraram protesto em frente ao prédio da Prefeitura do município.

A categoria pede aumento salarial de 10%. No dia 11 de abril, em reunião com os trabalhadores, a prefeitura ofereceu 6% de aumento para a categoria. O valor seria pago em duas vezes, sendo 3% em maio e o restante em outubro. Porém a proposta não foi aceita.

De acordo com o Sindicato único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind- Saúde), a categoria aguarda nova negociação. Caso a prefeitura não apresente uma proposta melhor que os 10%, os trabalhadores poderão entrar em greve geral a partir do próximo dia 23, quando acontecerá uma assembleia geral da categoria.

Nesta segunda, todos os postos de saúde da cidade funcionaram em escala reduzida, como manda a lei. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave