Jovem atira em carro de ex-namorada e se mata na frente da mãe

Robson Silva Santos, de 22 anos, atirou contra Camile Justos, 23, mas acertou três pessoas inocentes, entre elas uma criança de dois anos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Inconformado com o fim do namoro, o estudante Robson Silva Santos, de 22 anos, atirou contra o carro da ex, Camile Justos, 23 anos, mas acertou três pessoas inocentes, entre elas uma criança de dois anos, e depois se matou, na frente da mãe.

O crime aconteceu em Mirandópolis, interior de São Paulo. Na noite de domingo (13), quando as pessoas costumam passear pelo centro da cidade, Robson se armou de um revólver, e quando viu o carro da ex passar em uma das ruas perto da praça central, efetuou os disparos. Depois, foi para a frente de sua casa e se matou com um tiro na cabeça. A mãe dele, Aurelina Silva, testemunhou a morte do filho.

"Nenhum dos tiros acertou a ex-namorada, todas as três pessoas não tinham nada a ver com o caso. Todos ocupantes do carro estavam passeando, como todo mundo faz aqui nas noites de domingo", contou a investigadora Simone Maria Guinelli.

O carro era dirigido por um primo de Camile, Bruno Brizotti, de 26, que foi atingido no pescoço. A namorada dele, Mariana Safra Resler, de 27, foi alvejada nas costas e o filho dela, Bernardo Safra Resler, de dois anos, sofreu ferimentos nas nádegas. Os três foram socorridos, mas nenhum corre risco de vida.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave