Mesmo com vice, Oswaldo está por cima no Santos

Após perda do título estadual, presidente em exercício do Santos e do Comitê de Gestão garantiu que a comissão técnica está mantida para a disputa da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Treinador não aceita os elogios de que o Santos é o melhor time do Brasil na atualidade
REPRODUÇÃO/SANTOS
Treinador não aceita os elogios de que o Santos é o melhor time do Brasil na atualidade

A derrota do Santos nos pênaltis na decisão do Campeonato Paulista, no último domingo, não arranhou o prestígio que o técnico Oswaldo de Oliveira conquistou em pouco mais de um trimestre no comando do time. O presidente em exercício do clube e do Comitê de Gestão, Odílio Rodrigues Filho, antecipou-se a qualquer tipo de especulação sobre a possibilidade de troca de treinador e garantiu que a comissão técnica está mantida para a disputa da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

"O planejamento para 2014 continua. Temos uma boa comissão técnica e bom plantel. Foi triste perder, mas temos de reconhecer que o Ituano mereceu ganhar", afirmou o dirigente. "Fiquei triste pela nossa maravilhosa torcida, que lotou o Pacaembu nos dois jogos. Se tivesse sido um jogo em Itu e o segundo na Vila não teríamos essas duas festas", completou Odílio.

SEM PALAVRAS - Como o Santos vai ter de enfrentar o Mixto-MT, quarta-feira, às 22 horas, na Vila Belmiro, no jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil, a reapresentação dos jogadores foi marcada para esta segunda-feira, às 16 horas, no CT Rei Pelé, sem atendimento à imprensa.

Só depois do treino técnico de terça-feira à tarde, Oswaldo deve anunciar a escalação do time para enfrentar o Mixto. É provável que Bruno Uvini, emprestado de graça até dezembro ao Santos pelo Napoli, da Itália, faça a sua estreia, ao lado de Jubal na zaga.  

Leia tudo sobre: oswaldo de oliveiraderrotasantosmoralfinalpaulista