Especialistas atacam falta de planos

iG Minas Gerais | Johnatan Castro |

É preciso planejar o adensamento populacional consequente da expansão no entorno de grandes empreendimentos para evitar consequências catastróficas, segundo especialistas em urbanismo. “As fábricas geram muito mais lucro, mas há questões urbanas e ambientais muito mais graves. Para onde vão o esgoto e o lixo dessa população?”, analisa a professora de arquitetura e urbanismo do Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH), Alícia Rodrigues, ressaltando que a “favelização” é mesmo possível.  

Para o arquiteto e urbanista Christiano Ottoni, os municípios brasileiros não são dotados de estrutura para conter essa expansão desordenada. “Uma fábrica dessa com certeza vai trazer um monte de coisas. Mas o município precisa de um escopo para combater o que for negativo.” 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave