Concerto de trombones leva chorinho ao palco

iG Minas Gerais | Deborah Couto e Silva |

Choro erudito. Repertório popular é transposto para ambiente erudito pelo coral de trombones
Cecilia pacheco/divulgação
Choro erudito. Repertório popular é transposto para ambiente erudito pelo coral de trombones

Comemorando o Dia Nacional do Choro e aniversário de Pixinguinha – em 23 de Abril – o Projeto Pizindin - Choro no Palco recebe nesta segunda o coral de trombones e tubas da UFMG na apresentação “Trombones que Choram”, que terá o acompanhamento do grupo base do Clube do Choro de Betim.

O repertório do show traz sambas e choros clássicos como “Trem das Onze”, “Brasileirinho”, “Carinhoso” e “Odeon” interpretados para um ambiente de concerto. “Esse tipo de arranjo já é tradicional no meio da música, essas canções já têm arranjos feitos para esse tipo de formação”, conta o trombonista Marcos Flávio, professor e coordenador do coral. “Particularmente, tenho uma relação muito estreita com o choro. Foi tema da minha dissertação de mestrado e faço parte dos grupos Flor de Abacate e Choro de Minas. Por isso, já tive essa ideia de trazer o chorinho para o coral. Mas aproveitei a oportunidade do dia nacional para fazer esse concerto”, diz Marcos.

Tradicionalmente, o choro é um gênero que tem os bares como habitat natural. Mas, segundo Marcos, há algumas décadas ele vem sendo desenvolvido também no meio erudito. “Esse é o tema inclusive de um livro famoso, ‘Choro, do Quintal ao Municipal’, de Henrique Cazes. Há tempos que o estilo vem se tornando temas de estudos acadêmicos justamente por ser uma música instrumental originalmente brasileira. E não é difícil de enxergá-la sendo tocada em outros ambientes. Faz parte da nossa alma”, diz o músico, que espera no Conservatório da UFMG um público que gosta tanto do gênero erudito quanto do tradicional.

Agenda

O que. Trombones que Choram

Onde. Conservatório da UFMG (av. Afonso Pena, 1.534, centro)

Quando. Nesta segunda, às 20h

Quanto. R$ 20, inteira, R$ 10, meia

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave