Torcida do Sada Cruzeiro deu show à parte no Mineirinho

Representantes do time mineiro fizeram seu papel fora de quadra e deram importante contribuição na conquista do segundo título da Superliga

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Torcida celeste celebra título no vôlei, mas sem esquecer a final de logo mais no futebol
UARLEN VALERIO / O TEMPO
Torcida celeste celebra título no vôlei, mas sem esquecer a final de logo mais no futebol

A força da torcida do Sada Cruzeiro foi fundamental para o segundo título da Superliga masculina, conquistado neste domingo, no Mineirinho, sobre o Sesi-SP.  O fato de poder escolher o local da partida deixou claro a importância do time ter terminado a fase de classificação na primeira posição.

A grande parte dos torcedores que compareceram estiveram vestidos de azul e pressionaram muito o adversário paulista, desde quando o time adversário pisou em quadra. As vaias para cima do Sesi-SP foram proporcionais aos gritos, bem parecidos com os de gol, a cada ponto conquistado pelo lado azul. A troca de energia entre quadra e arquibancada foi nítida e contagiante. Cada pedido dos jogadores do Sada para a torcida continuar fazendo seu papel era prontamente atendido, fazendo o Mineirinho pulsar.

Bolas recuperadas, ataques, bloqueios e saques certeiros logo faziam a torcida do time da casa gritar ainda mais, impulsionada pela acústica de um dos ginásios mais altos do mundo. “O ambiente foi diferente do ginásio do Riacho, mas a torcida foi maravilhosa como sempre. Coloriram o Mineirinho de azul e branco, foi perfeito. A presença dela torna-se ainda mais importantes em jogos decisivos. Só temos que agradecer, não somente a ela, mas a comissão técnica, dirigentes e patrocinadores que nos dão muita tranquilidade para trabalhar”, agradece o ponta Filipe.