Celestes Leal e William faturam troféu também em premiação individual

Na edição 13/14 da Superliga Masculina a premiação da CBV acabou sendo bastante heterogênea, com o Sada Cruzeiro na frente, porém, com três troféus

iG Minas Gerais | GABRIELA PEDROSO |

Além de faturar o título, pela segunda vez, da Superliga Masculina de Vôlei, o Sada Cruzeiro ainda viu, neste domingo, o seu elenco ter a qualidade reconhecida também na premiação individual da competição, promovida pela Confederação Brasileira de Voleibol. O ponteiro cubano Leal, com seu potente ataque, foi agraciado com o troféu de melhor atacante do torneio, enquanto “O Mago” William foi eleito o melhor levantador e ainda recebeu o troféu VivaVôlei de melhor jogador da grande final.

O alto nível técnico das equipes que disputam o Nacional, em geral, também acabou evidenciado na cerimônia de premiação. Prova disso é que o grupo de agraciados deste ano foi bastante mesclado.  O central Vini, do Brasil-Kirin, foi escolhido o melhor sacador, enquanto o seu companheiro de posição e equipe, Gustavão, teve o bloqueio mais eficiente da Superliga. Canuto, do Volta Redonda, foi eleito como o mais eficiente na recepção, e, fechando a lista, Rodrigo, do São Bernardo, teve a melhor defesa.

A CBV também promoveu algumas homenagens após a final deste domingo em comemoração aos 20 anos de Superliga. O levantador Rafael Almeida, o Rafinha, do Canoas, foi lembrado por ter jogado todas as edições da competição desde o seu início. Giovane Gávio, Marcelo Fronckowiak e Carlos Weber também foram homenageados por terem conquistado a façanha de  faturar títulos da Superliga como atleta e técnico.

Confira os jogadores premiados neste domingo:

Saque: Vini (Brasil-Kirin) Ataque: Leal (Sada Cruzeiro) Bloqueio: Gustavão ( Brasil-Kirin) Recepção: Canuto (Volta Redonda) Defesa: Rodrigo (São Bernardo) Levantamento: William (Sada Cruzeiro) VivaVôlei: William (Sada Cruzeiro)

Leia tudo sobre: premiaçaosada cruzeirolealwilliamdestaquesfinalsuperliga masculina