Shlomo Angel

Pesquisador sênior do Urbanization Project da NYU Stern

iG Minas Gerais | Flávia Denise |

Que conclusões você tirou ao observar os últimos 200 anos de expansão urbana em Paris, São Paulo e Los Angeles?

O estudo dessas cidades nos mostra que não podemos esperar que a densidade populacional aumente. Quando as pessoas estão em uma situação econômica melhor e têm acesso a transporte barato, elas usam mais de tudo, em particular, espaço.

Deveria existir um limite para o crescimento urbano?

Por que deveria? Cidades usam menos de 1% da área dos países. Elas usam espaço de forma muito eficiente. E elas vão continuar a expandir, mesmo que a população não aumente, porque as condições econômicas estão melhores. Não há limites para a expansão.

No Brasil, há poucas cidades grandes sem favelas. Isso é resultado de um planejamento urbano ruim?

Os pobres precisam de acesso a empregos, a mercados e a escolas. Locais mais distantes podem ficar acessíveis com um transporte de melhor qualidade. Precisamos de cidades com transporte rápido que mantém tudo próximo. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave