Aposentado está entre os finalistas

Escolha do vencedor de 2014 na categoria Cidadania pode ser feita por meio da internet

iG Minas Gerais | dayse resende |

Sucesso. Desde que Otávio começou a cuidar do parque, já foram plantadas oito jabuticabeiras
Moisés Silva
Sucesso. Desde que Otávio começou a cuidar do parque, já foram plantadas oito jabuticabeiras

Nesta semana, o jornal O TEMPO conta a história dos cinco finalistas ao Prêmio Bom Exemplo, na categoria Cidadania, coordenado pela TV Globo Minas e pela Fundação Dom Cabral. São pessoas que ajudam e tentam mudar a realidade da comunidade onde vivem.

O personagem de hoje é o aposentado Otávio de Oliveira Santos, 68, que há três anos cuida voluntariamente do Parque das Jabuticabeiras, na Via Expressa, no bairro Coração Eucarístico, na região Noroeste de Belo Horizonte.

Diariamente, ele, que faz caminhada no local, sai de casa com uma mangueira para regar as plantas nesse período de muito sol. Além disso, Santos usa as próprias ferramentas para fazer a manutenção dos aparelhos da academia popular, que vez ou outra apresentam defeitos. “Caminhando por aqui, sempre quis tornar o espaço mais humano e agradável. Foi então que me dispus a plantar algumas árvores. Diariamente, rego as mudas e faço a manutenção dos aparelhos. Muitos acham que sou funcionário da prefeitura”, conta o aposentado.

Desde que ele começou a cuidar do parque, oito pés de jabuticabeiras já foram plantados no espaço, além de pés de manga, abacate, pitanga, jambo e abiu. Algumas árvores já renderam duas safras neste ano. As frutas são para o uso dos moradores da região. “As que nós não conseguimos colher no alto das árvores, os pássaros comem”, destaca Santos, que conta com o apoio de alguns moradores da região para que o projeto dê certo. “Muitos doam mudas ou até mesmo árvores adultas”, completa. Além da manutenção do espaço, o aposentado, que é ex-professor, também incentiva a leitura por meio da campanha Livro na Cidade. Toda última sexta-feira do mês, cerca de 50 livros são trocados entre as pessoas que caminham pelo parque. “Os livros são doados pela própria comunidade. Eles ficam à disposição de quem quiser levá-los para casa. O objetivo é promover a interação entre os caminhantes e estimular o hábito da leitura”, garante. Outras ações. Outra iniciativa que tem dado certo é um evento de confraternização realizado sempre na última sexta-feira do mês de novembro. “Essa é uma maneira de ficarmos mais próximos uns dos outros, nos conhecendo melhor e fortalecendo os laços de amizade”, enfatiza.

Para o aposentado, o trabalho é muito gratificante. “Eu me sinto bem aqui. É muito gratificante ver as pessoas me ajudando a cuidar desse local. A natureza também agradece”, conclui. A votação pela internet, por meio do site www.premiobomexemplo.com.br, termina no dia 27 de abril. A premiação acontece no dia 29, em Belo Horizonte. Votação. O objetivo da iniciativa, que tem o apoio da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e do jornal O TEMPO, é reconhecer as pessoas que contribuem para uma sociedade mais solidária.

Outros oito vencedores das categorias Ciência, Cultura, Economia e desenvolvimento de Minas, Educação, Esportes, Inovação, Meio ambiente e Personalidade do ano já foram escolhidos pelo corpo de jurados do Prêmio Bom Exemplo.

Todas elas receberam indicações de parceiros da premiação.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave