Sada-Funec-Contagem tentará anular decisão da Superliga B

Em nota oficial, clube repudiou as "manobras recentes que feriram o espírito de esportividade e de moralidade no vôlei brasileiro"

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Sada fez jogo equilibrado, mas acabou caindo em jogo de três sets
RENATO ARAÚJO - DIVULGAÇÃO
Sada fez jogo equilibrado, mas acabou caindo em jogo de três sets

Utilizando o site oficial do Sada Cruzeiro, o Sada-Funec-Contagem divulgou uma nota oficial lamentando a realização da decisão da Superliga B entre São José dos Campos e Voleisul Paquetá Esportes-RS, na noite deste sábado. Na última quarta-feira, o clube conseguiu uma liminar para suspender a partida, no entanto, por determinação do desembargador de plantão, Alcides da Fonseca Neto, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o duelo foi confirmado.

A equipe mineira havia chegado à final, mas teve sua classificação indeferida já que o Voleisul denunciou a escalação irregular de dois atletas do Sada em uma partida das semifinais. O vencedor da Superliga B garante vaga na elite do vôlei brasileiro. 

Em nota, o clube repudia as "manobras recentes que feriram o espírito de esportividade e de moralidade no vôlei brasileiro, já conturbado por gravíssimas denúncias", e prometeu recorrer a "qualquer instância cabível, para que essa página seja reescrita em outras cores".

Leia a nota na íntegra:

"O Sada Cruzeiro lamenta profundamente as manobras recentes que feriram o espírito de esportividade e de moralidade no vôlei brasileiro, já conturbado por gravíssimas denúncias. O clube, em parceria com a Fundação Educacional de Contagem – Funec, inscreveu na Superliga B seus atletas das categorias infanto e juvenil, uma equipe com idade média de 19 anos, com o objetivo de oferecer experiência a esses garotos. E esse elenco duelou com times adultos de todo o Brasil, inclusive enfrentando atletas que já conquistaram títulos olímpicos.

Esse time de jovens talentos terminou a fase classificatória em primeiro lugar e eliminou em quadra o semifinalista Voleisul Paquetá Esportes, conquistando o direito de disputar a decisão do torneio, direito esse que lhe foi tolhido por uma decisão tomada fora de quadra.

O Sada Cruzeiro e sua torcida de oito milhões de seguidores acata com profundo pesar a decisão que impede a competição de seguir seu destino, pelas vias do mérito. O clube consultou e agiu orientado pela CBV, que é a entidade formuladora do regulamento.

Em respeito aos nossos jovens atletas, seus familiares, aos torcedores, ainda pelo prestígio e respeito que conquistou nas quadras internacionais, representando o Brasil, o clube recorrerá a qualquer instância cabível, para que essa página seja reescrita em outras cores.

A presidência e a diretoria do Sada Cruzeiro enaltecem e parabenizam seus jovens atletas, verdadeiros campeões, ofendidos nesse episódio, se solidariza com eles, e ressalta que levará esse caso até onde o direito lhe permitir"

Leia tudo sobre: sada-funec-contagemsuperliga bdecisão