Lacerda diz que meta é ter ônibus de 2 em 2 minutos

O prefeito acompanhou a segunda fase de implantação do Move e fez o percurso da Estação São Gabriel ao centro da capital; ele aproveitou para anunciar que dia de jogo na capital durante a Copa do Mundo não será feriado

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Na segunda fase da implantação do Move (nome dado ao BRT, sigla em inglês para transporte rápido por ônibus) neste sábado (12) o prefeito Marcio Lacerda embarcou na linha 83D, e fez o trajeto da Estação São Gabriel para o centro da capital, passando pela avenida Cristiano Machado. O percurso foi acompanhado por lideranças comunitárias e membros do Conselho Regional de Transporte e Trânsito.

Segundo Lacerda, a integração do sistema deve ocorrer já no próximo mês. “Estamos dando sequência ao cronograma de inauguração do Move, e dentro do que planejamos, a cada semana, faremos as ampliações até chegarmos em maio, quando ocorrerá a integração completa”, disse.

Já sobre os constantes questionamentos da população a respeito da demora das linhas do Move e a lotação dos ônibus, o prefeito afirmou que é um processo de adaptação, e que a medida em que a oferta de linhas de ônibus for aumentada, a expectativa é que tanto a espera pelo ônibus quanto a lotação, diminuam. “A meta é ter ônibus de dois em dois minutos”, disse.

Lacerda também avaliou que o ponto mais crítico das obras, é a implantação do Move na avenida Pedro I, no sentido Venda Nova, que está atrasada. “Estamos trabalhando com toda a intensidade, mas este é o ponto mais crítico”, finalizou.

Região metropolitana

O Move metropolitano também já tem data para ser inaugurado, na Estação São Gabriel, que irá permitir que os moradores das cidades vizinhas a capital também possam usar o serviço. A previsão é que o sistema seja instalado no dia 26 deste mês.

Suspensão do reajuste

Lacerda também disse que a suspensão da redução no valor das passagens é uma ameaça a qualidade do serviço prestado pelas empresas de ônibus, e que considera injusta a suspensão do reajuste. “As empresas estão operando no vermelho e o Ministério Público não terá condições de em 30 dias periciar a auditoria”, falou.

Copa do Mundo

O prefeito também anunciou que em dias de Copa do Mundo a cidade não terá feriados. O que está sendo estudado é a possibilidade de que haja ponto facultativo no serviço público depois do almoço, dependendo se no dia terá jogo em Belo Horizonte ou não.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave