Vazamento de oleoduto causou contágio de água na China

Incidente chegou a afetar mais de 2,4 milhões de pessoas e aumentou preocupações sobre a segurança das tubulações de óleo da China

iG Minas Gerais | Da redação |

O vazamento em um tubo de óleo elevou a quantidade de benzeno químico tóxico a níveis excessivos na água de abastecimento de uma grande cidade chinesa. O incidente resultou em um alerta contra a potabilidade da água. O susto, que afetou mais de 2,4 milhões de pessoas na cidade de Lanzhou, aumentou preocupações sobre a segurança das tubulações de óleo da China. No ano passado, o rompimento de um oleoduto resultou em explosões na cidade de Qingdao, matando 62 pessoas. Em Lanzhou, um oleoduto de petróleo bruto gerido pela estatal China National Petroleum tinha um vazamento que contaminou a água que alimentava um complexo local, disse a agência oficial de notícias Xinhua. A cidade de Lanzhou afirmou que tem acompanhado os níveis de benzeno em tubulações de água para garantir a segurança pública, enquanto os residentes locais se alinhavam para estocar água engarrafada.

Agência Estado

Leia tudo sobre: vazamentoóleoChina