Soldado da PM e clientes são baleados em bar no Anchieta

O crime aconteceu na madrugada deste sábado e a suspeita da polícia é que o alvo seria o militar; durante os disparos, dois clientes acabaram sendo atingidos também

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Três pessoas ficaram feridas durante uma tentativa de assassinato em um bar no bairro Anchieta, na região Centro-Sul da capital, na madrugada deste sábado (12). O alvo seria um policial militar que estava fora de serviço e sentado em uma das mesas do estabelecimento. Os suspeitos fugiram.

De acordo com informações do sargento Paulo Armani, da 127ª Companhia do 22° Batalhão de Polícia Militar (BPM), os três suspeitos nem chegaram a anunciar o assalto e já chegaram atirando no soldado, lotado na 6ª Companhia do 1° BPM, o que levanta a suspeita de que o trio já tinha um alvo certo no local e o crime pode ter sido motivado por vingança.

O crime aconteceu por volta de 2h30, quando três homens ainda não identificados, que estavam de bonés e camisas pólo, chegaram ao local, na rua Pium-í, e passaram a atirar. O soldado, que estava no primeiro andar do bar, subiu para o segundo andar para fugir dos disparos, e duas balas acabaram acertando dois clientes que estavam ali, uma mulher e um homem que não se conheciam. Eles foram atingidos, respectivamente, na mão e na nádega, e foram socorridos. Os dois não correm risco de morte.

Já o militar foi atingido por dois tiros no tórax, um nas costas, um na mão e outro no braço. Ele foi socorrido e levado para o hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde também não corre risco de morte e está consciente.

Após o crime, os suspeitos fugiram em um Uno prata rumo a rua Passatempo e não forma mais localizados. As imagens das câmaras de segurança do bar e de estabelecimentos vizinhos que flagraram a ação dos suspeitos já estão em poder da polícia.

A arma do soldado foi apreendida e será periciada para constatar se houve troca de tiros.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave