Jovens sofrem tentativa de assassinato em bar de São Joaquim de Bicas

O motivo do crime seria para vingar a morte da mãe de um amigo dos suspeitos; um jovem que também foi baleado sumiu após a cena do crime

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Três pessoas foram baleadas e duas delas estão em estado grave após sofrerem um atentado em São Joaquim de Bicas, região metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa sexta-feira (11). Quatro pessoas que estavam em um carro chegaram a um bar onde as vítimas estavam e começaram a atirar. Ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Militar, uma denúncia anônima dava conta de um tiroteio na rua Fernando Serrano. Ao se dirigirem para lá, os militares viram Lourenço Gomes Reis, 26, passando pela rua São Paulo, perto do bar, no bairro Jardim Vila Rica, todo ensanguentado. Ele havia levado um tiro no pescoço e foi socorrido para o hospital, onde estavam outras duas vítimas do mesmo crime.

Eram André Luiz Rodrigues, 20, e um adolescente de 17 anos, que estavam na mesma hora e no mesmo local quando foram atingidos. Testemunhas contaram que um Punto vermelho chegou ao estabelecimento e dele, desceram quatro suspeitos, que passaram a atirar nas vítimas e ainda em um jovem conhecido como Lucão que estava com o trio. Este último não foi encontrado após o crime. Após o atentado, os suspeitos entraram no carro e fugiram.

Lourenço levou um tiro no pescoço, André foi baleado no abdômen e está internado no Hospital Regional de Betim em estado grave e o adolescente, que também está em estado grave, foi atingido com quatro tiros, sendo um no abdômen, outro no tórax e dois nas costas. Ele foi transferido para o hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

Segundo testemunhas, o Punto seria do bairro Resplendor, e um dos suspeitos é conhecido como “Gaia”. Além disso, a polícia foi informada de que a motivação do crime era vingar a morte da mãe de um menino conhecido como “Vaguinho”, ocorrida há meses. André, o adolescente e o ferido que não foi encontrado depois de ser baleado, “Lucão”, estariam envolvidos nesse crime e, por isso, a vingança.

Os suspeitos fugiram e até a manhã deste sábado(12) ainda não haviam sido identificados ou localizados.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave