Anderson Varejão não teme vaias em joga da NBA no Brasil

Depois de abrir mão de defender a seleção na última Copa América, por conta de uma lesão, brasileiro não se preocupa em ser vaiado no Rio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Varejão não teme vaias
Reprodução/Facebook
Varejão não teme vaias

Depois de abrir mão de defender a seleção brasileira na última Copa América, por conta de uma lesão, o brasileiro Anderson Varejão não se preocupa com a possibilidade de ser vaiado no jogo da pré-temporada de 2014/2015 da NBA, na partida amistosa entre Miami Heat e Cleveland Cavaliers, que acontecerá na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, no dia 11 de outubro. No ano passado, o pivô Nenê Hilário participou de um amistoso no mesmo local e foi vaiado.

"Eu estou feliz de estar voltando ao Brasil, sempre fui bem recebido em todos os lugares que fui, sempre tive carinho dos fãs, sempre foi muito gostoso fazer parte de eventos da NBA no Brasil. Quanto as vaias acontecem, é uma coisa que não me preocupa. Estou muito feliz e muito ansioso com o jogo. Espero ver o ginásio lotado. Vai ser um momento único na minha carreira jogar na frente do fã brasileiro, sentir esse calor humano do brasileiro que é diferente", comentou o brasileiro.

A partida entre as duas equipes marcará um encontro entre Varejão e LeBron James, que foram companheiros no Cavaliers. A estrela norte-americana até já andou até levantando informações sobre o Brasil, revelou Varejão. "Ele sempre me perguntou como era lá. Agora será a oportunidade dele, além de conhecer e jogar no Brasil", disse.

Mas um fato pode atrapalhar o confronto entre eles: Varejão e LeBron ficam sem contrato no fim da temporada. "Eu ainda tenho um ano de contrato (cláusula que pode ser acionada pelo clube). Provavelmente estarei aqui para a pré-temporada. Nem cheguei a pensar nisso, mas acho muito difícil algo acontecer antes da partida", afirmou o brasileiro.

Varejão também festejou a oportunidade de atuar por uma equipe da NBA no Brasil. "Estou muito ansioso e muito feliz por voltar a jogar no Brasil, na frente da minha família, dos fãs, amigos e o pessoal daqui vai poder ver como o brasileiro gosta de basquete e é fanático pelo esporte", revelou Varejão, que também não descartou a distribuição de perucas na partida, algo muito comum quando sua equipe atua em Ohio.

Nesta temporada, Anderson Varejão sofreu com lesões, mas isso não vai impedir ele de participar do Mundial da Espanha, entre os dias 30 de agosto e 14 de setembro, com a seleção brasileira. O Brasil está no grupo considerado difícil, ao lado da anfitriã Espanha, além da campeã europeia França, Sérvia, Egito e Irã.

NBA PELO MUNDO - O jogo entre Heat e Cavaliers é um dos cinco que compõem o calendário do NBA Global Games 2014 e serão realizados em quatro países. O San Antonio Spurs vai jogar em Berlim, no dia 8 de outubro, contra o Alba Berlin, oito vezes campeão alemão, na O2 World Arena. Em seguida, enfrentará o Fenerbahçe Ülker Istanbul, pentacampeão da Liga da Turquia, na Ülker Sports Arena, no dia 11.

Os dois outros jogos do NBA Global Games serão realizado na China, entre o Brooklyn Nets e o Sacramento Kings. Os times vão duelar em 12 de outubro, na Mercedes-Benz Arena, em Xangai, e no dia 15, no MasterCard Center, em Pequim.

Leia tudo sobre: basqueteesportenbaanderson varejaoglobal gamesbrasilcleveland cavaliers