Corinthians recebe garantias e Emerson Sheik é do Botafogo

Alto salário do atacante, de R$ 520 mil/mês, será dividido entre o time carioca e a equipe paulista

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Atacante chegou a estar na mira do Atlético, mas vai reforçar o Botafogo
MARIO ÂNGELO/AGÊNCIA ESTADO
Atacante chegou a estar na mira do Atlético, mas vai reforçar o Botafogo

O Corinthians já dá como certa a ida do atacante Emerson, por empréstimo, para o Botafogo. Conforme já era esperado, o time carioca enviou, na tarde desta sexta-feira, para os paulistas, as garantias bancárias que deixavam a transferência pendente desde a semana passada. Assim, faltam apenas os trâmites burocráticos para a assinatura de contrato que fará de Emerson reforço do clube de General Severiano.

Pelo acordo, o Corinthians é quem vai depositar, todo mês, o salário de cerca de R$ 520 mil para Emerson. O Botafogo, porém, vai ressarcir os paulistas com R$ 260 mil ao mês, pagando, assim metade dos vencimentos do atacante.

As garantias bancárias enviadas nesta sexta garantem que os paulistas não ficarão no prejuízo no caso de um atraso do time do Rio em honrar seus compromissos. Recentemente o elenco do Botafogo protestou por conta dos atrasos salariais.

Emerson foi emprestado ao clube carioca até o fim do ano. A ideia da diretoria é usar os R$ 250 mil que economizará com o atacante para pagar parte dos salários de Elias, que passará a receber R$ 500 mil quando estrear, depois da Copa do Mundo.

Fora dos planos de Mano Menezes, Emerson já foi até dispensado dos treinos e está no Rio. Na última rodada do Campeonato Paulista, ele sequer ficou no banco de reservas, perdendo a vaga para o jovem Malcom, de 17 anos.

A situação do atacante, que já era delicada, piorou depois que ele faltou a um treinamento alegando problemas pessoais. Apesar de ter avisado com antecedência - por isso não foi multado -, a ausência não foi bem digerida por Mano.

A partir do dia seguinte, quando se reapresentou no CT, o atacante não participou mais das atividades com os companheiros no gramado e passou a treinar em separado, na academia. Emerson, de 35 anos, tem contrato com o Corinthians até o meio de 2015.

Leia tudo sobre: futebolesporteemerson sheikatacantebotafogocorinthians