Fast promete arquibancada do Itaquerão dentro do prazo

Responsável pela montagem das arquibancadas provisórias do Itaquerão garante que vai entregar as arquibancadas até o dia 15 de maio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Fast promete arquibancada do Itaquerão dentro do prazo
Reprodução/Facebook
Fast promete arquibancada do Itaquerão dentro do prazo

Responsável pela montagem das arquibancadas provisórias do Itaquerão, a Fast Engenharia prometeu finalizar a obra no prazo, apesar da paralisação dos trabalhos por quase duas semanas em razão do acidente que matou o operário Fabio Hamilton da Cruz, de 23 anos. O objetivo da empresa é entregar as arquibancadas prontas até o dia 15 de maio, prazo limite estabelecido pela Fifa. O estádio receberá a abertura da Copa do Mundo pouco menos de um mês depois desta data, em 12 de junho.

"Ainda que os trabalhos tenham sido interrompidos por quase duas semanas, a Fast se compromete a entregar as arquibancadas provisórias dentro do cronograma previamente estipulado, com término da obra previsto para a primeira quinzena de maio", informou a empresa contratada pela Ambev para acrescentar 20 mil assentos ao novo estádio do Corinthians.

Os operários da Fast devem retomar os trabalhos ainda nesta sexta depois que técnicos da Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) liberaram as obras no setor norte - as arquibancadas do setor sul puderam ser retomadas no dia 7 de abril.

Eles vistoriaram a montagem nesta manhã para avaliar a segurança da obra. Depois de interromper os trabalhos no dia 31 de março, dois dias após a morte do operário, o MTE estabeleceu uma lista de medidas para aumentar a segurança, o que foi cumprido pela Fast Engenharia nos últimos dias.

Entre as exigências, a empresa instalou guarda-corpos e ampliou o comprimento dos cabos que permitem o engate do equipamento de segurança aos operários. Também promoveu nova capacitação dos funcionários e colocou um técnico de segurança em cada andar da obra.

"A Fast reitera que, desde o início da construção, como em todas as sua obras, possui sistemas de segurança coletiva e individual que cumprem as regulamentações vigentes. As soluções requisitadas e implantadas deve-se à abertura total da empresa em colaborar com o DRT [Delegacia Regional do Trabalho]", registrou a empresa.

Leia tudo sobre: futebolesporteitaqueraoarquibancadas