Nas terras de Mabiba

Viagem de 13 dias percorrerá as principais cidades sulafricanas, como Johannesburgo, Durban, Port Elizabeth e Cidade do Cabo, no qual serão visitados alguns locais marcantes na vida de Nelson Mandela

iG Minas Gerais |

Os visitantes poderão conhecer vários locais que fizeram parte da história de Nelson Mandela
Baobá Comunicação/Divulgação
Os visitantes poderão conhecer vários locais que fizeram parte da história de Nelson Mandela

Já pensou em fazer uma viagem histórica, em que você mergulha em um passado da luta de Nelson Mandela contra o apartheid ? A Thompons África, empresa do Grupo Travel Corporation, acaba de anunciar um itinerário especial sobre a história de vida do lendário madiba.

A viagem de 13 dias percorrerá as principais cidades Sul Africanas, como Johannesburgo, Durban, Port Elizabeth e Cidade do Cabo, no qual serão visitados alguns locais marcantes na vida de Nelson Mandela, como o bairro de Soweto e a Ilha de Robbenlsland, onde Mandela ficou preso durante 26 anos.

Confira o roteiro detalhado:

Dia 1, segunda-feira, 14 de julho

Chegada a Johannesburgo, com visita ao bairro de SOWETO, onde os viajantes visitarão o Museu Hector Pieterson e descobrirão o que levou à revolta de SOWETO, que alterou o cenário político do país e também a Casa de Mandela, onde foi criado desde a infância. O passeio continua na Igreja Regina Mundi, local de muitos encontros secretos subterrâneos dos partidos políticos que foram banidos.

Ao final do dia, visita ao maior estádio da África, o Cidade do Futebol, apelidado por “O Calabash” por conta de sua semelhança com uma panela africana, onde foi realizada a final da Copa do Mundo FIFA 2010.

Acomodação: Protea Hotel ou Tambo

Dia 2, terça-feira, 15 de julho

Visita ao museu de Liliesleaf, considerado um dos melhores de Johannesburgo, localizado na área residencial de Rivonia, onde conta a história da luta de libertação da África do Sul e da trajetória de transformação sociopolítica do país. Os visitantes conhecerão um relato em primeira mão dos eventos e circunstâncias que levaram à invasão da fazenda Rivonia, assim como detalhes sobre algumas das personalidades revolucionárias que ajudaram a moldar e definir novo regime democrático da África do Sul.

Depois do almoço (opcional, por conta do passageiro), visita ao O Forte e a Prisão de Mulheres na Montanha da Constituição, a Chancellor House Building, onde Mandela e Oliver Tambo configuraram sua prática política e o Palácio da Justiça, onde Madiba tomou posse como o primeiro presidente democraticamente eleito da África do Sul.

Dia 3, quarta-feira, 16 de julho

Passeio a província de Kwa-Zulu Natal, com almoço e palestra. Em seguida, viagem com destino ao Protea Hilton e visita no local da Captura de Mandela, ocorrida em 5 de abril de 1962.

Acomodação: Protea Hilton

Dia 4, quinta-feira, 17 de julho

Visita a Inanda Heritage Route, que leva a alguns dos mais importantes, embora pouco conhecidos, locais históricos de Durban. Sua estrada sinuosa por meio do Vale do Inanda permite um breve relatório da história crítica da África do Sul.

Almoço em Umhlanga e em seguida, visita ao Museu Luthuli, primeiro africano a receber o Prêmio Nobel da Paz, em Groutville.

Acomodação: Elangeni Hotel

Dia 5, sexta-feira, 18 de julho

Viagem de Durban para Umtata, com visita ao Museu Nelson Mandela.

Acomodaçao: Garden Court Umata

Dia 6, sábado, 19 de julho

Passeio ao longo da Rota Costeria, com visita a Vila de Port Alfred, com parada para o almoço (opcional, por conta do passageiro). Após o almoço, visita à reserva particular de Amakhala, para um autêntico safári africano.

Acomodação: Amakhala Woodbury Tented Camp

Dia 7, domingo, 20 de julho

Saída do aeroporto entre 11 e meio-dia, com destino a floresta indígena de Tsitsikamma em direção ao resort à beira mar de Knysna, no coração da famosa Garden Route.

Acomodação: Knysna Hollow.

Dia 8, segunda-feira, 21 de julho

Visita na Lagoa Knysna e a Reserva Natural Featherbed.

Dia 9- terça-feira, 22 de julho

Visita a montanha Outeniqua Pass, no caminho para Oudtshoom, conhecida como a capital mundial das penas, por ser o centro industrial do avestruz na África do Sul, com passeio por uma fazenda de criação dessas aves após o almoço.  Depois, passeio pela caverna de Cango Caves, considerada uma das maravilhas naturais da África do Sul.

Acomodação: Queens Hotel Dia 10- quarta-feira, 23 de julho          

Viagem com destino a Cidade do Cabo, passando pela vila à beira mar de Hermanus, onde o hóspede poderá avistar algumas baleias.

Acomodação: Protea President

Dia 11- quinta-feira, 24 de julho

Visita no período da manhã pela Robben Island, patrimônio da humanidade, prisão onde Nelson Mandela ficou até o final do Apartheid e recebeu o Prêmio Nobel da Paz.

No período da tarde, após o almoço, passeio pelo District 6, a Prefeitura e a Table Montain. Foi na Prefeitura que Mandela fez seu primeiro discurso para a nação logo após a sua saída da prisão.

Dia 12- sexta-feira, 25 de julho

Passeio pela Cape Winelands, conhecida por sua produção de vinhos, e o pequeno povoado de Stellebosch. No final do dia, visita ao monumento histórico de Paarl, além da prisão onde Mandela foi solto em 1990.

Dia 13- sábado, 26 de julho

Check out no hotel até as 11 da manhã, com dia livre até o traslado para o Aeroporto Internacional da Cidade do Cabo.

Preço:

Os valores para essa viagem custam a partir de US$ 2.714 por pessoa em acomodação dupla. Para mais informações sobre saídas e pacotes, entre em contato no e-mail: info@travcorp.com.br ou pelo telefone: (11) 3818-0867. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave