Deputado protocola pedido de afastamento do presidente do PMDB

De acordo com o deputado Leonardo Quintão, o presidente do partido no Estado, Antônio Andrade, estaria fazendo campanha para que o partido componha chapa com o PT na eleição para governador do Estado

iG Minas Gerais | Larissa Arantes |

O deputado Leonardo Quintão (PMDB) protocolou nesta sexta-feira (11) na executiva estadual um pedido de afastamento do presidente do partido no Estado, Antônio Andrade. De acordo com Quintão o motivo é ele estar fazendo campanha para que o partido componha chapa com o PT na eleição para governador do Estado.

“Fizemos uma pesquisa interna no partido há 20 dias que demonstrou que 80% dos delegados (filiados do partido que podem votar na convenção de junho) são favoráveis a candidatura própria e não querem compor chapa com o PT”, afirmou o deputado.

O deputado considerou a decisão de Andrade unilateral e disse que ele não poderia fazer isso. Ele defendeu a candidatura própria do partido que tem como nome principal para governador o senador Clésio Andrade (PMDB).

O presidente Antônio Andrade negou que esteja fazendo essa campanha e disse que tem direito a ter uma opinião pessoal sobre o partido compor a chapa com o PT. Questionado se a desavença criaria um mal estar no partido, Andrade respondeu:

“Fala para ele (Quintão) que eu estou tão preocupado com isso que vou colocar minha cabeça no travesseiro e vou dormir dois minutos depois”, afirmou. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave