Festivais em Pisa e Arezzo

Luminara de San Ranieri e Giostra de del Saracino, nos meses de junho e setembro, remetem ao passado medieval de uma das regiões mais deslumbrantes e tradicionais da Itália

iG Minas Gerais |

Nesse roteiro o turista pode provar a gastronomia local e os belos vinhos da região de Chianti
AD Comunicação e Marketing/Divulgação
Nesse roteiro o turista pode provar a gastronomia local e os belos vinhos da região de Chianti

Conhecida internacionalmente pelo passado glorioso nas artes, como berço da Renascença, por seus montes cobertos de vinhas e campos floridos, a Toscana é também a região de origem de algumas das mais belas e tradicionais festas da Itália. Realizadas entre junho e setembro, na primavera e no verão do Hemisfério Norte, duas delas, em particular, nasceram na Idade Média e chamam a atenção pela singular beleza.

Uma delas é a Luminara di San Ranieri, na pequena cidade de Pisa, mais conhecida por sua torre. Todos os anos, ao cair da noite do dia 16 de junho, os moradores da cidade acendem mais de 140 mil velas dispostas em candelabros instalados nas molduras de portas e janelas de prédios e casas às margens do rio Arno, o principal rio local. E, com a cidade iluminada em homenagem ao padroeiro, saem às ruas para festejar, lotando bares, restaurantes e praças. Músicos tocam e igrejas ficam abertas após o anoitecer.

Já no verão, no penúltimo sábado de junho e no primeiro domingo de setembro, acontece em Arezzo o festival de Giostra del Saracino. A festa é, na verdade, uma competição entre quatro áreas da cidade, que disputam na praça central, em jogos medievais de cavalaria, a “lança de ouro”. Tão antigo em sua origem quanto as Cruzadas, que lhe deram origem, o evento permaneceu inativo por algum tempo, até ser reativado na década de 1930. Hoje atrai milhares de pessoas de todos os cantos do mundo.

Para completar a magia de uma verdadeira experiência na Toscana é preciso decidir onde se hospedar. Entre Pisa e Arezzo, no coração desta região tão especial, fica o hotel Laticastelli. Instalado em uma fortaleza construída no ano de 1200, ele conta com uma vinícola própria e consegue aliar tradição à tecnologia e, claro, muito conforto. Além disso há a possibilidade de conhecer a “Taverna Toscana”, um restaurante localizado nas antigas cavernas do hotel, onde pode-se provar a gastronomia local e os belos vinhos da região de Chianti. Situado em um ponto estratégico da Toscana, essa pequena joia pode servir de base para todos os passeios pela região.

Para mais informações, acesse: www.laticastelli.com

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave