Árbitro brasileiro exalta preparação da Fifa para Copa

No curso, os profissionais da arbitragem passaram por testes médicos, físicos e técnicos, assistiram palestras e puderam trocar experiências

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A Fifa encerrou nesta sexta-feira os encontros de preparação dos árbitros e assistentes da Copa do Mundo, em sua sede, em Zurique. Os seminários, divididos em duas etapas, foram encerrados com a participação dos juízes e auxiliares de África, América do Norte, América Central e Caribe e América do Sul, que conta com Sandro Meira Ricci, árbitro que representará o Brasil no Mundial.

No curso, os profissionais da arbitragem passaram por testes médicos, físicos e técnicos, assistiram palestras e puderam trocar experiências. A Fifa introduziu uma novidade no seminário ao apresentar situações de jogo em vídeo "com o objetivo de oferecer uniformidade e coerência e mudar a mentalidade em relação às táticas".

O trabalho teórico foi complementado com atividades físicas. Situações reais de jogo foram simuladas com a participação de jogadores sub-21 e sub-18 do time FC Zurique, da própria cidade, sob a supervisão do diretor de arbitragem da Fifa, o suíço Massimo Busacca.

"É uma grande oportunidade para que todos nós troquemos experiências. Estamos todos nos preparando para esta Copa do Mundo, que será única. Por isso, estamos conversando e aprendendo muito juntos. Tenho certeza de que eu e meus colegas estaremos bem preparados para este desafio", disse o brasileiro Sandro Meira Ricci, que esteve acompanhado dos auxiliares Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse.

Ao todo, 16 árbitros e 27 assistentes estiveram reunidos em Zurique entre os dias 7 e 11 deste mês para esta segunda etapa do seminário. A primeira contou com profissionais de Ásia, Oceania e Europa, entre os dias 24 e 28 de março.

Leia tudo sobre: futebol nacionalCopa do Mundoarbitragempreparação