Bayern e Real Madrid fazem final antecipada da Champions

Rivais neste mesmo estágio da Liga dos Campeões na temporada retrasada, adversários batem de frente na semifinal da temporada atual

iG Minas Gerais | GABRIEL PAZINI* |

Na temporada retrasada, o Bayern eliminou o Real Madrid nas semifinais
Reprodução/Facebook
Na temporada retrasada, o Bayern eliminou o Real Madrid nas semifinais

Dois dos melhores times do mundo - senão os dois melhores -, Bayern de Munique e Real Madrid vão se enfrentar nas semifinais da Uefa Champions League. Os alemães decidem em casa, no dia 29 de abril, enquanto os merengues tentam abrir vantagem no Santiago Bernabéu no dia 23. O confronto marca a reedição do duelo da temporada retrasada, quando o Bayern venceu o Real nos pênaltis e acabou sendo vice-campeão, perdendo para o Chelsea, na final.

No retrospecto, amplo domínio germânico. Os rivais se enfrentaram cinco vezes em semifinais da Liga dos Campeões, em quatro delas, o Bayern avançou à final. Além disso, o time alemão é comandado por Pep Guardiola, outro pesadelo do Real Madrid.

Todo esse histórico fica para trás quando as equipes entram em campo, no entanto, dentro das quatro linhas, o Bayern também é um pouco superior ao Real Madrid. É inegável que o futebol apresentado pelos Bávaros ao longo de toda a temporada europeia foi o melhor do mundo nos últimos meses. A conhecida posse de bola, intensa movimentação dos jogadores, troca de posição, variação do esquema tático e muitas, muitas opções. Tudo isso marca o excepcional time alemão, que conta com excelentes atletas em todos os setores e com um elenco espetacular.

O Real Madrid também tem um grande time e elenco e, claro, Cristiano Ronaldo. No entanto, o gajo tem problemas físicos e ainda não se sabe como o português estará daqui a duas semanas. Sem o astro, ou com ele sem estar 100% fisicamente, o Real cai muito de produção.

Contudo, o confronto é equilibradíssimo e não tem um favorito. O Bayern pelo histórico, equipe um pouco superior, dúvida sobre as condições físicas de Cristiano Ronaldo, e decidir em casa, está um pouco na frente, no entanto, os Blancos podem, muito bem, eliminar os Bávaros e seguir sonhando com o décimo título da Uefa Champions League.

*com supervisão de Leandro Cabido