Papa Francisco pede perdão as vítimas abusadas por padres pedófilos

"Sinto-me na obrigação de assumir todo o mal cometido por alguns padres e de pedir pessoalmente perdão pelo dano que causaram ao abusar sexualmente de crianças", declarou o pontífice

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

AP Imagens
"Penso que devem ser muito fortes! Não se brinca com as crianças", completou o papa

Na manhã desta sexta-feira o papa Francisco pediu perdão em nome da Igreja, às vítimas de abusos por padres pedófilos.

Ao receber representantes do Escritório Internacional Católico para a Infância (BICE) no Vaticano, o pontífice declarou: "Sinto-me na obrigação de assumir todo o mal cometido por alguns padres, um pequeno número em relação a todos os padres, e de pedir pessoalmente perdão pelo dano que causaram ao abusar sexualmente de crianças".

Seu antecessor, Bento XVI, havia pedido pessoalmente perdão pelos abusos, mas esta é a primeira vez que Francisco faz o pedido, apesar de ter denunciado o crime em diversas oportunidades.

"A Igreja é consciente deste mal. Não queremos recuar no que diz respeito a este problema e às sanções que devem ser adotadas".

"Penso que devem ser muito fortes! Não se brinca com as crianças", completou o papa.

Leia tudo sobre: religiãoigrejavaticanopapapedofilia