Nova Contagem cobra dos órgãos públicos melhorias no trânsito

Superlotação, a falta de cumprimento de horários, o alto preço das passagens e a limpeza e conservação dos veículos foram os temas mais abordados pelos usuários

iG Minas Gerais |

Desafios. Rodinei Ferreira luta por melhorias no trânsito e no transporte e tem apoio da população
RODRIGO PAIVA/DIVULGAÇÃO
Desafios. Rodinei Ferreira luta por melhorias no trânsito e no transporte e tem apoio da população

A luta pelas melhorias no transporte e no trânsito da Região de Vargem das Flores ficou mais forte com a realização de audiência pública no último sábado (5), em Nova Contagem. Solicitada na Câmara Municipal de Contagem pelo vereador Rodinei Ferreira (PT), a audiência contou com a participação de moradores, sindicatos, representantes das empresas de transporte coletivo que atendem a região, comerciantes, Transcon e vários setores da sociedade organizada. População ativa Divididos em grupos, os participantes tiveram a oportunidade de discutir os problemas e propor soluções para as melhorias do transporte público e do trânsito na região. A superlotação, o não cumprimento de horários, a limpeza e a conservação dos veículos e o alto preço das passagens foram os temas mais abordados pelos usuários do transporte coletivo. Já os comerciantes reivindicaram melhorias e alterações no projeto de revitalização do centro comercial de Nova Contagem. As baias de estacionamento, tidas como insuficientes, sinalização e a instalação de semáforo fizeram parte dos pedidos. No fim dos debates, cada grupo elegeu um representante que apresentou o resultado das discussões aos órgãos representados na audiência. Também foi elaborado um documento, com a síntese das discussões, que foi encaminhado para todos os órgãos convocados. Para Rodinei, o evento foi um sucesso, mas o parlamentar lamentou as ausências de representantes do DER e do Ministério Público. “A participação dos moradores e moradoras é um passo importante para fazer as melhorias que nossa região precisa. Não estamos pedindo nenhum favor, peço que respeitem os direitos das pessoas. É o início de uma longa caminhada, os órgãos que se fizeram ausentes também vão receber o documento. Faço questão de ir pessoalmente ao Ministério Público e ao DER para entregar as nossas reivindicações e cobrar o cumprimento das propostas apresentadas”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave