Equipes apostam no saque para fazer a diferença na final

Sada Cruzeiro e Sesi-SP têm atletas em destaque no ranking do fundamento

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Central Lucão, do Sesi, é o quarto melhor sacador do campeonato
Alexandre Arruda / CBV
Central Lucão, do Sesi, é o quarto melhor sacador do campeonato

Sada Cruzeiro e Sesi-SP, finalistas da Superliga masculina que será decidida no domingo, às 10h, no Mineirinho, comprovam sua força como jogadores de qualidade também com números. Nas estatísticas, os dois times lideram boa parte dos fundamentos.

Uma das principais armas das duas equipes está no saque, que pode gerar um ponto em alguns segundos. Mesmo não fazendo um ace, um bom saque pode desequilibrar a defesa adversária, facilitando a vida dos bloqueadores.

O central Éder e o oposto Wallace, do Sada, estão na segunda e terceira posição respectivamente no ranking de sacadores da CBV, enquanto o central Lucão, do Sesi-SP, vem em quarto. O ponta cubano Leal, do time mineiro, também se destaca em sexto lugar. A liderança é de Vini, central do Brasil Kirin-SP.

“O saque hoje é uma das principais armas de times de todo o mundo. Se você tem um saque eficiente, a chance de desestabilizar a defesa adversária é grande. Todos os fundamentos são importantes, mas o saque pode ter um peso a mais nesta decisão”, coloca Wallace.

Se mantiverem o bom aproveitamento que mostraram durante a temporada, a promessa é de muita dificuldade para os passadores, que estão cientes do que está por vir.

“O serviço deles é um dos pontos fortes e tenho certeza de que eles tentarão explorar essa capacidade. O saque virá pesado, e temos que nos concentrar para fazer o melhor na recepção. Se uma diferença de pontos for aberta no jogo, será por causa desse fundamento”, analisa o ponta Filipe.

Além do desempenho diferenciado no saque, Sada e Sesi ainda mostram qualidade em outros fundamentos (confira quadro abaixo).

TRUQUE. Com 2,05 m, o central Éder tem uma verdadeira bomba no saque. Ao todo, são 26 pontos no fundamento. Para ele, um dos segredos do bom saque está no lançamento da bola. Se ela for lançada com precisão, a chance do serviço entrar é enorme. “Acho que essa parte contribui em 60% ou 70% para um bom saque. Se você for bem no lançamento, basta fazer o movimento correto e colocar força na bola”, ensina.

O adversário Lucão concorda e garante que um bom lançamento é a chave para um ponto de serviço. “Se você errar, terá que se virar para fazer a correção. Aí, o saque já não vai entrar tão bem e não fará a necessária diferença”, afirma.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave