Botecar traz outras opções

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Paralelamente à 15ª edição do Comida di Buteco, a capital mineira também recebe outro festival gastronômico para avaliar os tira-gostos dos bares de Belo Horizonte. Com início na última quarta-feira, o concurso Botecar reúne 55 bares, incluindo casas reconhecidas, como o Patorroco, que levou o primeiro lugar no Comida di Buteco nos últimos dois anos.

De todos os estabelecimentos participantes, 43 deles já estiveram no Comida di Buteco em outras edições – apenas sete deles não participaram de outros concursos. Apesar das semelhanças entre os eventos, o Botecar poderá cobrar preços um pouco mais salgados. Enquanto o Comida di Buteco estabelece valor máximo de R$ 24,50 para todos os pratos, o Botecar não tem limite de preço. Porém, o valor máximo cobrado pelos estabelecimentos participantes deste festival é de R$ 29,90.

Com a filosofia de resgatar o “boteco de raiz” e atrair atenção do público para a culinária regional, todos os bares participantes do Botecar terão como foco oferecer pratos que levem ingredientes genuinamente mineiros em suas receitas.

Além disso, os botecos também tiveram que relacionar o nome dos petiscos criados com a Copa do Mundo. Exemplo é o Bar da Lora, no Mercado Central, que vai apresentar o prato Bola da Vez – que leva carne de lata (lombo), batata baby, farofa de maracujá com bacon e molho agridoce de tomate grape. (LS)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave