Obras do Itaquerão vão passar por nova vistoria nesta sexta

Especialistas irão avaliar se medidas de segurança foram atendidas, após a morte de um operário, no dia 29 de março

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Documentos apontam irregularidades de segurança na construção do Itaquerão
Reprodução/Facebook
Documentos apontam irregularidades de segurança na construção do Itaquerão

Técnicos do Ministério do Trabalho vão fazer na manhã desta sexta-feira nova vistoria na montagem do setor norte das arquibancadas provisórias do Itaquerão, futura sede da abertura da Copa do Mundo. O objetivo é fiscalizar se as exigências de segurança feitas pelo órgão depois da morte do operário Fabio Hamilton da Cruz, ocorrida no dia 29 de março, foram atendidas. Se as alterações forem aprovadas, a área será liberada. As obras foram interrompidas no dia 31 de março, quando uma inspeção de peritos do ministério concluiu que não havia condições satisfatórias de segurança para os trabalhadores. Foram feitas, então, seis exigências à Fast Engenharia, empresa responsável pela instalação das arquibancadas temporárias, para que fosse liberada a montagem naquele setor.  Na última segunda-feira, foi liberada a montagem das arquibancadas provisórias do setor sul e, parcialmente, no setor norte. Para esta sexta-feira é esperada a liberação total da área, que vai acrescentar 20 mil assentos ao novo estádio do Corinthians - exigência da Fifa para que a arena tenha condições de receber jogos do Mundial. Entre as exigências feitas pelo Ministério do Trabalho estão a colocação de mais cabos de segurança e a instalação de grades no contorno da obra e redes de proteção. A Fast também promoveu nova capacitação dos funcionários e colocou um técnico de segurança em cada andar da obra. A previsão inicial é de que a obra seria concluída na próxima terça-feira, dia 15. A interrupção dos trabalhos nas arquibancadas temporárias por mais de uma semana devido à morte de Fabio Hamilton da Cruz, no entanto, pode atrasar a entrega.