Homem confessa ter assassinado mais de 40 pessoas na Califórnia

Manuel Martinez, 51 anos, afirmou aos investigadores que cometeu os crimes trabalhando como um executor de um cartel de drogas.

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um suposto assassino de aluguel, acusado pela morte de nove pessoas, confessou aos investigadores que matou até 40 pessoas em uma carreira de décadas.

O promotor do condado de Lawrence, no Alabama, Errek Jett, disse nesta quarta-feira (9) que Jose Manuel Martinez, 51 anos, afirmou aos investigadores que cometeu os crimes trabalhando como um executor de um cartel de drogas.

Martinez foi preso no ano passado, pouco depois de cruzar a fronteira do México para o Arizona, e foi enviado para o Alabama onde aguarda julgamento por uma acusação de assassinato. Ao confessar os assassinatos, diversos peritos do país questionaram o matador de aluguel.

Além das acusações de nove assassinatos, Martinez foi indiciado na Califórnia por tentativa de homicídio e por cometer vários assassinatos, emboscadas e sequestros com fins lucrativos, diz que a queixa-crime. As acusações da justiça da Califórnia fariam com que Martinez fosse sentenciado à morte.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave